Neymar

Neymar é o principal craque brasileiro da atualidade, o jogador atualmente joga no Paris Saint-Germain, mas já jogou em outras grandes equipes, como Santos e Barcelona. O camisa 10 da seleção foi formado na categoria de base do Peixe, é um dos Meninos da Vila. Atualmente, o Menino Ney tem 22 títulos ofícias como profissional, e o primeiro deles foi a exatos 10 anos em uma final contra o Santo André. Foi uma das decisões mais tensas do clube paulista, mas a equipe tinha o craque para decidir.

A CAMPANHA DO TÍTULO

Os Meninos da Vila fizeram uma campanha que encantou o Brasil, a equipe contava com um quarteto fantástico, que era formado por: Ney, Robinho, Ganso e André. Conseqüentemente, esses quatro foram importantes para a conquista, mas o principal era Neymar, desde os 18 anos chamava a responsabilidade para si. O Santos fez uma grande campanha, na primeira fase em 19 jogos, venceu 15, empatou dois e perdeu duas. Portanto, fez a melhor campanha e se classificou para as semifinais, o adversário seria o São Paulo.

O Santos enfrentou o São Paulo no primeiro jogo, a partida ocorreu no Morumbi, consequentemente a partida não seria fácil. A bola rolou e o Peixão dominou completamente a primeira etapa, aos 25 minutos abriu o placar com um gol contra de Junior César, e no final dos primeiros 45 minutos, André ampliou, após belo passe de Neymar. O confronto parecia que estava ganho, mas o Tricolor se superou no segundo tempo. Na metade da segunda parte da partida, os mandantes conseguiram empatar o duelo. Mas no final do embate, a equipe da Vila Belmiro faz o terceiro com Durval e garante a vitória.

Após a primeira partida, se esperava outro confronto equilibrado na Vila Belmiro, mas não foi. Desde o início do confronto os Meninos da Vila dominaram o São Paulo, o primeiro tempo terminou sem gols, mas era questão de tempo para isso mudar. Aos 15 minutos, após cruzamento de Marquinhos, Neymar abre o placar para o Santos, a equipe continuava com um futebol envolvente, mas não conseguia ampliar. Até que nos últimos momentos do jogo, Miranda fez um pênalti no camisa 11, conseqüentemente o próprio bateu, e com paradinha, fez o segundo dele no jogo. Logo na sequência, Ganso faz o terceiro para fechar o baile.

https://www.instagram.com/p/B-90mmaA9jo/?utm_source=ig_web_copy_link

A CHANCE DE NEYMAR

O adversário seria o Santo André e ambos os confrontos seriam no Pacaembu, se esperava duas goleadas do Santos, mas foi bem longe disso. O primeiro confronto começou muito difícil para o Peixe, a equipe equipe estava com dificuldades para criar jogadas. Aos 29 minutos da primeira etapa, Neymar pedalou para cima de Toninho, sofreu o pênalti, mas o juiz não marcou.

Na queda, o craque bateu o olho e se machucou, conseqüentemente foi substituído. A equipe sentiu de ter perdido sua principal estrela e, na sequência, sofreu um gol, marcado por Branquinho. O segundo tempo foi diferente, a equipe Santista voltou com outro postura, com um gol de André e dois de Wesley, os Meninos da Vila viraram o placar para 3 x 1. Entretanto, o plantel do ABC Paulista descontou nos minutos finais, e o jogo se encerrou em 3 x 2.

O jogo de volta foi muito eletrizante. A bola rolou, e no primeiro lance, o Santo André abre o placar com Nunes. O Santos não se intimidou e, na sequência, empata o duelo com um golaço do Ney, após belo passe de letra de Robinho. Minutos depois, a equipe do ABC paulista retoma o comando do resultado com Alê.

O jogo ficou tenso para o Peixe, mas quem tem craques, sempre tem alternativas. Aos 31 minutos, depois de um passe genial de Ganso, o Menino Ney fez seu segundo na partida. A partida parecia que ia ficar mais tranquila para o time da vila, mas no último lance do primeiro tempo, Branquinho fez o terceiro gol do Ramalhão.

https://www.instagram.com/p/B9bwJYOgTQ2/?utm_source=ig_web_copy_link

A segunda etapa não teve gol, mas sobrou bola na emoção. Tiveram quatro expulsões, bola na trave e muita confusão. A partida terminou 3 x 2, e o Santos foi campeão.

É CAMPEÃO

O Menino Ney já mostrava nessa época, que era um craque, decidiu a final como “gente grande'. Tanto ele, como todo time do Santos mereceu essa conquista, mesmo com as polêmicas da final. Ney terminou a competição como o artilheiro do Peixe com 14 gols, foi escolhido como um dos integrantes da Seleção do campeonato e foi o craque do Paulistão.

Independente de tudo, temos que admitir que Neymar é um fenômeno, a Joia Brasileira já conquistou títulos de extrema importância, como Libertadores, Champions League e inédito Ouro Olímpico. René Simões estava certo ao dizer ” Estamos criando um monstro”.

FOTO DESTAQUE: Divulgação/Arquivo/SantosFC

Leonardo Pinheiro
Escolhi jornalismo porque para mim é prazeroso informar as pessoas, e além disso, a paixão pelo futebol me encorajou a seguir essa carreira. Meu principalmente objetivo na profissão é trabalhar com esportes, principalmente o futebol.

Artigos Relacionados