Montillo revela o motivo que ‘melou’ negociação com Flamengo: “Já estava acertado”

O argentino Walter Montillo já teve destaque no futebol sul-americano. Com a camisa da Universidad do Chile, clube o qual voltou a defender recentemente, chegou a semifinal da Copa Libertadores de 2010. Dessa forma, despertou a atenção no futebol brasileiro, por onde atuou em Cruzeiro, Santos e Botafogo. No entanto, teve outro grande do país que o meia quase chegou a atuar, o Flamengo.

Em entrevista à Fox Sports nessa segunda-feira (15), o argentino revelou detalhes de uma negociação com o Rubro-negro ocorrida em 2015, quando defendia a equipe do Shandong Luneng, da China. Na ocasião, o clube chinês veio ao Brasil para realizar uma pré-temporada e o clube carioca fez contato com o jogador. Montillo não estava se adaptando muito bem a nova vida no país, principalmente por não conseguir escola para seu filho Santino.

“Olha, na China o primeiro ano foi muito difícil para mim, para minha família, me adaptar na cidade que o time jogava. A cidade não tinha escola para o meu filho. Chegamos para fazer a pré-temporada no Brasil, ficamos um mês. Aí chegou o Flamengo querendo me contratar. Eu falei: ‘É uma boa para mim, a adaptação não está sendo boa lá'. Era um empréstimo para jogar no Flamengo, um time grande, que sempre me procurou, desde a Universidad do Chile”, afirmou Montillo.

https://twitter.com/FoxSportsBrasil/status/1272891653024514052?s=20

ENTRAVE DOS CHINESES

A negociação com o atleta se encaminhou bem, muito por conta do desejo de retornar ao futebol sul-americano. Mas faltava o maior obstáculo, convencer os chineses a liberar o jogador, que havia sido contratado para ser um dos principais nomes do time. Assim, o presidente do clube asiático não aceitou liberar o argentino e travou o retorno do craque ao futebol brasileiro.

“Eu tinha acertado com o Flamengo, estava tudo certinho. Mas faltava o mais importante: eu era jogador do Shandong Luneng. O presidente falou que não, que eu deveria voltar, que eu estava bem lá e deveria cumprir meu contrato. Aí eu voltei, não fiquei brigando com ninguém. Aceitei o que ele tinha falado. Eu queria ir para o Flamengo. A gente não estava se adaptando na cidade. Quando o presidente falou que eu tinha que voltar, eu fiquei os três anos”, finalizou.

Agora, aos 36 anos, Montillo retornou ao futebol chileno nessa temporada para defender a La U. Em 2020, até a parada dos campeonatos por conta da pandemia do novo coronavírus, o meia havia disputado nove jogos.

Foto destaque: Divulgação/Universidad de Chile

Vitor Eduardo Simões Lima
Jornalista e apaixonado por futebol. Quando criança tive o sonho de ser jogador de futebol. Com o passar dos anos, tendo a responsabilidade de dividir a vida de atleta com os estudos, optei por deixar meu sonho de infância de lado e seguir outro caminho, mas jamais quis me desapegar do futebol. Entrei na faculdade de jornalismo com esse objetivo que levo até hoje depois de formado, trabalhar com jornalismo esportivo.

Artigos Relacionados