Mirassol atropela Nacional-PR

Neste domingo (18), chegou ao fim a 7ª rodada do Campeonato Brasileiro Série D 2020. Assim, mais uma vez o destaque ficou por conta do Mirassol que goleou o Toledo por 8 x 0, no interior paulista. Por outro lado, na disputa pela liderança do grupo 7, a Ferroviária venceu fora de casa o Bangu por 3 x 1, em Moça Bonita. Além disso, jogando em casa, a Cabofriense derrotou o lanterna Toledo por 1 x 0, em Cabo Frio. Já o Cascavel ganhou da Portuguesa-RJ por 2 x 0, no Paraná.

Com os resultados, a Ferrinha assumiu a liderança e subiu para 14 pontos ganhos. Em seguida, aparecem o Leão paulista, Auri Negro, Alvirrubros e o Tricolor Praiano todos com 12. Já na 6ª colocação está a Lusa carioca com nove. Por fim, com mais uma derrota no torneio nacional, o NAC continua em 7º lugar, com apenas três pontos. Logo, o Porco paranaense permanece na lanterna do grupo com apenas um ponto.

BRASILEIRÃO SÉRIE D – 7ª RODADA – GRUPO 7

Bangu 1 x 3 Ferroviária

No duelo entre os líderes do grupo, a Ferroviária começou com tudo em Moça Bonita. Logo aos 50 segundos, Gabriel Gomes tentou sair jogando, mas Thiago Marques roubou a bola, invadiu a área e bate na saída do goleiro do Bangu para abrir o placar para os paulistas. Em desvantagem, o Bangu foi para cima e teve duas chances de empatar a partida.  No primeiro lance, Miller bateu escanteio, Felipe Dias  completou para o gol, mas o árbitro já marcava impedimento na jogada. Logo depois, Denner chutou de longe, a bola desviou na zaga dos cariocas e assustou o goleiro Luciano.

No início da etapa final, a Ferrinha conseguiu ampliar o placar com Tiago Marques, que aproveitou a falha do goleiro no cruzamento da direita e cabeceou para o fundo da rede. Aos 22 minutos, em boa troca de passes que começou na defesa, Felipinho recebeu pela esquerda, cortou para o meio e tentou cruzar a bola, mas ela foi em direção ao gol e enganou Saulo. Dessa forma, os mandantes tentaram ir para cima, mas acabaram levando o terceiro. Aos 42 minutos, Gleyson recebeu na área e de bico acertou o ângulo para fechar o placar.

Cabofriense 1 x 0 Toledo

Sem vencer nenhuma partida até aqui, o Toledo começou melhor o duelo. Logo aos cinco minutos, PH recebeu dentro da área e chutou na trave. Em seguida, a Cabofriense respondeu com Feitosa, que aproveitou cobrança de escanteio e mandou com perigo para fora. Logo depois, em mais uma jogada parada,  Mascote subiu mais alto que a defesa e mandou a bola bate no travessão de Diego. Aos 36´, Correia cruzou na medida para Deivid apenas escorar pro gol, mas arbitragem marcou impedimento no lance. No último lance de perigo da primeira etapa, PH invadiu a área e finalizou para fora.

Na etapa final, os mandantes voltaram melhor e ofereceram mais perigo à meta adversária. Assim, a equipe carioca teve aos menos três chances de abrir o placar. No último lance, Erick Bahia entrou na área e chutou cruzado, mas o goleiro defendeu. Aos 39´,  o arqueiro Diego salvou os visitantes em duas finalizações, uma de Pedrinho e outra de Mascote. Em seguida, Gama finalizou colocado da intermediária, e goleiro do Toledo foi buscar e mandou pra fora. Assim também, Natan recebeu com liberdade, bate cruzado, e Diego apareceu de novo para salvar os paranaenses. Por fim, no último lance do jogo,  Pedrinho bateu cruzado para marcar o gol da vitória do Tricolor.

Mirassol 8 x 0 Nacional-PR

O Mirassol dominou a partida do início ao fim. Logo ao nove minutos, Cassinho bateu pênalti e abriu o placar para os donos da casa. Em seguida, França recebeu na área e deu um toque para encobrir o goleiro paranaense Mesmo jogando melhor, os mandantes não aproveitaram as chances para ampliar na primeira etapa. Já no segundo tempo, o Leão voltou com tudo. Aos 10´, o camisa 7 da equipe recebeu na cabeça da área, cortou a marcação e marcou o terceiro. Logo depois, Léo Artur finalizou de longe e fez o quarto.

Já na metade da segunda etapa, Fabrício Daniel foi lançado e tocou na saída de Zé Carlos para anotar o quinto gol para o Mirassol. Em seguida, o centroavante aproveitou o rebote da trave e fez mais um. Aos 36, o artilheiro apareceu mais uma vez após cruzamento na pequena área e mandou no contrapé do arqueiro do NAC para fazer o seu terceiro gol na partida. Já no minuto final regulamentar, Frank cruzou na medida para Elton fechar a segunda maior goleada da história da competição.

 

FC Cascavel 2 x 0 Portuguesa-RJ

Já na partida de encerramento da rodada, o Cascavel foi melhor na primeira etapa e aproveitou a oportunidade para sair em vantagem. Assim, aos 26 minutos, Paulo Baya viu o goleiro adiantado e bateu por cobertura para abrir o placar. Entretanto, os cariocas tiveram chances de empatar, mas não conseguiram concluir as jogadas. Já nos 45 minutos finais, a Lusa foi para cima e criou alguns lances de perigo, mas não conseguiu aproveitar. Dessa forma, os mandantes foram para o ataque e acertaram uma bola na trave com Léo Itaperuna. Aos 35´, Pablo cortou o zagueiro e bateu na saída do goleiro para garantir o triunfo do Auri Negro.

Foto destaque: Marcos Freitas / Agência Mirassol

Matheus Vinicius
A minha paixão pelo futebol me levou ao jornalismo. Já atuei em Assessoria de Imprensa e atualmente trabalho com marketing de conteúdo. Tenho o objetivo de trabalhar diretamente com o futebol. Com 23 anos tenho muita coisa para aprender ainda e tenho certeza que aqui no Futebol na Veia irei crescer muito.

Artigos Relacionados