Medalhões que vão jogar a Série A 2023

Nas últimas temporada, muitos jogadores com idade mais avançadas, mas considerados ainda bons atletas, tem voltado para o Brasil em busca de quem sabe ainda render algo aos seus clubes e até brigarem por títulos.

Em alguns momentos alguns têm ajudado, tendo até quem entrou para a história do time. Mas, quem são esses medalhões que vão jogar a Série A? Quem ainda pode render algo? Quem dificilmente pode fazer algo pelo seu clube?

Medalhões que vão jogar a Série A

Luiz Adriano – Internacional

Após deixar o Brasil e passar dois anos no futebol da Turquia, Luiz Adriano retorna para o futebol brasileiro. Agora com 36 anos, o atacante vai defender as cores do Internacional, onde já está atuando a alguns jogos e já até marcou gol.

Contratado para ser uma peça de recomposição, tendo também muitas chances como título, o atleta ainda pode ajudar ao clube tanto no Campeonato Brasileiro, como Libertadores e Copa do Brasil.

https://twitter.com/SCInternacional/status/1629126808254795776?s=20

Gatito Fernández – Botafogo

Mesmo tendo atuado em várias partidas em 2022, o goleiro paraguaio Gatito Fernández acabou sendo esquecido por algumas pessoas devido principalmente pelo fato de ter sofrido sérias lesões, que o tirou dos gramados no ano de 2021 inteiro.

Porém, nesta temporada ainda não atuou pelo Botafogo, podendo ganhar algumas chances no decorrer do ano. Mas, devido as suas graves lesões nas quais ainda sente às vezes, o goleiro botafoguense de 35 anos pode estar em suas últimas temporadas pelo time.

https://twitter.com/Botafogo/status/1578421220604641287?s=20

Fábio – Fluminense

Ídolo do Cruzeiro, o goleiro Fábio é um dos grandes nomes do futebol brasileiro nas últimas décadas. Entretanto, nas últimas duas temporadas, ele defendeu as cores do Fluminense. Atualmente com 42 anos e sete meses, o arqueiro fez seis jogos até aqui no Campeonato Brasileiro, sob comando de Fernando Diniz.

Em sua sala de troféus pessoal, Fábio ostenta uma Copa América, uma Copa Mercosul, três Campeonatos Brasileiros, três Copas do Brasil e quatro prêmios individuais: duas vezes melhor goleiro do Brasileirão, além de outras duas Bolas de Prata do torneio.

Felipe Melo – Fluminense

Conhecido no futebol mundial por uns dos jogadores mais “valentões”, o meio-campista Felipe Melo é um dos atletas mais velhos a disputar esta edição do Campeonato Brasileiro da Série A em 2023. Presente em boa parte das últimas partidas na temporada, o Pitbull das Laranjeiras soma 25 jogos, com 1231 minutos em campo, sob comando de Fenando Diniz.

O volante de 39 anos jogou Copa Libertadores, Brasileirão, Copa do Brasil e Campeonato Carioca com a camisa do Fluminense em 2023. Além disso, marcou dois gols e não concedeu nenhuma assistência na atual temporada.

Henrique Dourado – Cruzeiro

Por fim, o último jogador dos medalhões que vão jogar a Série A é um velho conhecido da torcida do Palmeiras, Fluminense e Flamengo. Longe do futebol brasileiro desde 2019, Henrique Dourado volta ao Brasil em busca de reencontrar o caminho das redes

“Ainda” com 33 anos, o jogador que estava no futebol chinês está sem atuar desde o ano passado, tendo sofrido com algumas lesões, mas que não deve dar muita dor de cabeça durante a temporada. Além disso, chega como uma peça importante para a equipe mineira, que busca permanecer na 1ª divisão e quem sabe sonhar com algo maior que apenas sua permanência.

https://twitter.com/conexaocec/status/1644391610937901070?s=20

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinícius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Na comunicação, escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.