Matheus Peixoto anuncia transferência para clube ucraniano

Matheus Peixoto, que até então estava emprestado para o Juventude, vai se transferir para o para o Metalist, clube da Ucrânia. Nesse sentido, o time fez o anuncio em seu site oficial, relatando o acordo com o Bragantino para a transferência do jogador. O centroavante ainda está em Caxias do Sul e se entra para o novo clube nos dias seguintes. 

Primeiramente, o Bragantino irá lucrar cerca de US$ 180 mil pela venda (R$ 933 mil na cotação atual). Ainda mais, Matheus estava com um contrato com o time apenas até o fim do ano, sendo assim tinha liberdade de assinar um pré-contrato com outro clube. 

O Metalist Football Club chegou a um acordo com o Red Bull Bragantino para transferir o atacante Matheus Vieira Campos Peixoto, de 25 anos. Nesta temporada, o Peixoto jogou por empréstimo no Juventude, disputou 12 partidas, marcou sete gols e deu quatro assistências. É o artilheiro do atual Campeonato Brasileiro” — estava escrito na nota oficial do site. 

Vale lembrar que, Matheus Peixoto chegou ao time de Caxias do Sul no início da atual temporada. Desde seu início, o jogador participou de 27 partidas, fazendo gols em 12 delas. Com sete gols na conta, ele divide a artilharia da Série A do Brasileirão com Gilberto, do Bahia, e Bruno Henrique, do Flamengo. 

Vale ressaltar que o Papo não irá receber nenhum valor com essa troca. pois quando contratou o Matheus Peixoto, iria contratar o atacante Wesley, que cumpria pena em regime aberto por agressão à ex-namorada, porém a torcida foi contra. 

Com toda a repercussão ruim, o Juventude pagou apenas a vinda do jogador e ainda retirou os 20% que teria direito caso o centroavante fosse vendido no período do empréstimo. 

Juventude no Brasileirão

Enfim, o Juventude não entrou em campo na última rodada do Brasileirão, pois seu jogo com o Fluminense foi adiado. Já que o adversário precisou repor uma partida atrasada pela libertadores.

Em suma, o próximo jogo do Papo será no domingo, às 16h, contra o Atlético-MG no estádio Alfredo Jaconi, pela 15° rodada do Brasileirão Série A. 

Foto Destaque: Divulgação/ Fernando Alves/ ECJuventude 

Gabrielly Bento
“Sempre soube que o que eu queria fazer era jornalismo. Escolhi ela porque é uma profissão que te conecta a tudo e a todos, descobrimos o mundo e sempre aprendemos cada vez mais. Jornalismo é sim, a melhor profissão do mundo.”