Eder (Foto: Felipe Lucena/São Paulo)

Nesta terça-feira (13), o São Paulo empatou com o Racing pelo jogo de ida das oitavas de final, pela Libertadores. Porém, essa não foi a única notícia ruim. Afinal, Eder foi substituído ainda na primeira etapa com dores na coxa direita. Assim, após exames, o atleta foi diagnosticado com um estiramento e deve ser desfalque nos próximos dias. O atacante se junta a uma longa lista de jogadores lesionados no elenco do Tricolor.

Eder teve uma boa sequência de jogos e vinha sendo a referência do São Paulo lá na frente. O clube ainda não revelou o tempo de recuperação do atacante. Mas, Luciano também teve um estiramento e está fora há três semanas. Agora, o treinador Hernán Crespo terá ainda mais dificuldade para escalar o time nos próximos jogos. A tendência é que o ítalo-brasileiro fique entre três e quatro semanas, dependendo do grau da lesão.

Lesionados do São Paulo

Além de Eder, outros jogadores estão no Departamento Médico do São Paulo. Aliás, uns estão prestes a retornar, outros ainda preocupam. Por exemplo, Bruno Alves sofreu uma pancada no confronto contra o Internacional. Assim, o zagueiro é dúvida para o jogo contra o Fortaleza. O capitão Miranda se machucou (mialgia na panturrilha) no duelo diante do RB Bragantino.Porém, deve retornar na próxima partida da Libertadores.

Agora, a preocupação está em outros dois jogadores importantes para o elenco: Rigoni e Luciano. O camisa 11 está afastado desde o dia 20 de julho, devido a uma lesão muscular. Porém, o atleta deve retornar contra o Racing, em Avellaneda. Já o argentino está com um edema na coxa direita e deve seguir como desfalque nos próximos jogos. Por fim, Willian segue se recuperando de um trauma no joelho.

O próximo duelo do São Paulo será contra o Fortaleza, no sábado (17), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 17h (horário de Brasília). Então, será difícil para Crespo escalar o time com essa quantidade de lesionados do São Paulo.

Foto Destaque: Divulgação/Felipe Lucena/São Paulo

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.