Luverdense consegue uma virada histórica contra o Cuiabá. O Dourado vinha de 40 jogos sem perder no estadual e o LEC conseguiu passar nos pênaltis. (Foto destaque: Reprodução/ ASCOM/Cuiabá EC)

O Cuiabá era o favorito, vinha de 40 jogos sem perder no estadual e tinha a vantagem após vencer o jogo de ida. Mas foi o Luverdense que conquistou o feito de avançar à semifinal do Campeonato Mato-Grossense na quarta-feira (9), ao vencer por 2 x 0, no tempo normal e 4 x 2, nos pênaltis, na Arena Pantanal.

Recém-chegado ao Verdão do Norte, Ynaiã, que é lateral-direito de ofício, atuou o jogo todo como meio campo diante do Cuiabá. O jogador comemorou a classificação e falou sobre sua versatilidade, que acabou sendo importante taticamente para a vitória do LEC.

“Eliminar um time que está na Série B, revertendo uma desvantagem, foi algo realmente espetacular. A gente sabia da dificuldade, mas também tínhamos consciência de que dentro de campo só a gente poderia mudar a história. Fico muito feliz de ter contribuído com esse feito. Já joguei algumas vezes mais adiantado, como fiz contra o Cuiabá, então para mim não é problema. Estou à disposição do treinador para ajudar onde precisar”, comentou o defensor.

Agora o próximo desafio do Luverdense será o Nova Mutum, neste domingo (13), às 15h (horário de Brasília), pela ida da semifinal. Dessa forma, o jogo é no Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. Ynaiã projetou o primeiro jogo e garantiu que a equipe vai em busca da vaga no estadual.

“Comemoramos muita a classificação, mas não estamos satisfeitos. Vamos nos dedicar ainda mais e continuar trabalhando duro para atingir objetivos maiores. Respeitamos o adversário e sabemos que serão novamente duas partidas complicadas, contra uma equipe que também se reforçou depois da paralisação do campeonato, mas agora vamos em busca de mais”, afirmou o atleta.

Foto destaque: Reprodução/ASCOM/Cuiabá EC

Luiz Felipe Silva
Eu escolhi jornalismo pelo amor ao esporte. Ele sempre fez parte da minha vida e gostaria de viver ao lado dele. Já trabalhei em web rádio, fiz podcast e atualmente faço o Babá arretado, junto com artigos no site www.brunoperes.tv.

Artigos Relacionados