Salvador receberá a reta final da Copa do Nordeste (Foto: Reprodução / Luciano Marcos)

Nesta semana, a CBF, em conjunto com a Liga do Nordeste, confirmou a volta da Copa do Nordeste para o dia 21 de julho. Assim, nesta sexta-feira (10), foi publicada a nova tabela detalhada da competição com o confronto Fortaleza e América-RN reabrindo o torneio. Já os demais jogos serão realizadas na quarta-feira (22). Dessa forma, detalhes sobre protocolos e logísticas para o retorno do principal regional brasileiro foram divulgados.

Leia mais:

  • Copa do Nordeste define Salvador como sede única da competição
  • Copa do Nordeste e Salvador sinalizam acordo, mesmo após decreto do governo
  • Atacante do Bahia é eleito craque da Copa do Nordeste

Logo, com a confirmação que a Bahia será a sede única na volta da Copa do Nordeste, a prefeitura de Feira de Santana autorizou a realização de jogos na cidade, nesta quarta-feira (8). Dessa forma, o município localizado a 117 km de Salvador será um dos locais a receber partidas da última rodada da fase classificatória. Além disso, a capital do estado deve começar a receber as delegações dos clubes já na próxima segunda-feira (13).

Assim, dos nove estados participantes, apenas Piauí e Rio Grande do Norte não permitiram a volta às atividades de seus clubes. Logo, River-PI, ABC e América-RN já devem desembarcar em Salvador neste domingo (12). No entanto, o Mecão já vem realizando sua preparação para o torneio no Centro de Treinamento do Retrô, em Pernambuco. Além deles, o Imperatriz, do Maranhão, ainda não voltou aos treinos, mas por dificuldades financeiras. Apesar disso, já eliminados, o confronto entre os maranhenses com o Freipaulistano foi cancelado para evitar mais deslocamentos devido a pandemia da Covid-19.

https://twitter.com/CopaDoNordeste/status/1281712290757214210

PROTOCOLO DA COPA DO NORDESTE

Dessa forma, serão utilizados os centros de treinamento do Bahia, tanto o Fazendão como o Cidade Tricolor, do Vitória-BA, o complexo do Barradão, e do Bahia de Feira. Além disso, todo o custo com hospedagem e passagens seria custeado pela Liga do Nordeste. Logo, o diretor da entidade, Alexi Portela, detalhou o protocolo de segurança que será seguido. Assim, está previsto aferição de temperaturas, testes diagnósticos rápidos antes dos jogos e uso de máscaras para todos. Por fim, deverá ser mantido o distanciamento de um metro e meio e limitação de profissionais.

Esperamos que nos próximos dias possamos passar essa parte referente a passagens e hospedagens para os clubes. Mas os que já quiserem se deslocar para iniciar seus treinamentos, como ABC e River, esperamos conseguir até domingo para iniciarem a semana já em Salvador”, pontuou Portela. “Vamos seguir o protocolo de segurança da CBF. Faremos testes em todas as pessoas envolvidas, em todas as partidas. Vamos testar 100% dos jogadores” – afirmou Portela.

No entanto, a maior surpresa nas definições do retorno da Copa do Nordeste é a ausência do Estádio da Fonte Nova no rol dos palcos autorizados para os jogos. Isso porque, as partidas serão disputadas no Pituaçu, Arena Cajueiro e Joia da Princesa, ambos em Feira de Santana, Barradão e Praia do Forte, em Mata de São João. Dessa forma, o Estádio Valfredão substituirá o principal palco do futebol baiano.

COMO ESTAVA A COPA DO NORDESTE?

Por fim, antes da Covid-19faltava uma última rodada para o fim da fase de grupos. Assim, apenas Fortaleza e Bahia, pelo Grupo A, estão classificados. Enquanto que  River-PI e Freipaulistano, pelo Grupo A, e CSAAmérica-RN e Imperatriz, pelo Grupo B, já estão eliminados. Logo, os demais ainda brigam por seis vagas nas quartas de finais. Vale lembrar que, pelo regulamento, os clubes de uma mesma chave não se enfrentam na primeira fase.

https://twitter.com/CopaDoNordeste/status/1281921177250705408

Foto Destaque: Reprodução / Luciano Marcos

Avatar
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados