Libertadores: Palmeiras elimina Atlético-MG em noite ruim de estrelas

Artur e Paulinho foram os destaques negativos do duelo e receberam críticas das torcidas de Palmeiras e Atlético-MG

Em jogo brigado e com pouca inspiração de ambos os lados, Palmeiras e Atlético-MG ficaram no 0 a 0, no Allianz Parque, na noite desta quarta-feira (9). Por ter vencido a partida de ida (1 a 0) em Belo Horizonte, o Alviverde garantiu a classificação rumo às quartas de final da Copa Libertadores.

O duelo em São Paulo ficou marcado pela noite apagada de duas estrelas, uma de cada equipe. Artur, do Palmeiras, fez seu pior jogo no ano e recebeu críticas de torcedores alviverdes. Do lado dos visitantes, Paulinho teve atuação apagada, perdeu gol incrível na reta final da partida e não foi perdoado pelos atleticanos.

Fora de sintonia em relação aos demais companheiros no setor ofensivo, Artur esteve irreconhecível em campo. Com erros bobos, o atacante desperdiçou ataques promissores e perdeu as principais chances de gol do Palmeiras no decorrer dos 90 minutos. Apesar do jogo abaixo, o camisa 14 alviverde faz boa temporada. São 13 gols marcados e três assistências concedidas em 41 partidas disputadas em 2023.

Paulinho, por sua vez, foi o elo fraco do ataque do Atlético-MG na noite. Afobado e nervoso, o vice-artilheiro do Galo na temporada irritou os torcedores alvinegros. A gota d'água veio aos 30 minutos do segundo tempo. Edenilson achou belo passe nas costas da zaga do Palmeiras, Paulinho infiltrou em velocidade, driblou Weverton e, com o gol aberto, mandou para fora. Foi a melhor chance do Galo em toda a partida.

Paulinho chora e lamenta eliminação do Atlético-MG

Após o apito final no Allianz Parque, Paulinho não segurou a emoção e desabou em lágrimas. Em entrevista concedida ainda na beira do campo, o camisa 10 do Atlético-MG lamentou a eliminação do time na Libertadores e pediu desculpas à torcida.

+ LEIA MAIS: É FIFA? Ângulo de câmera diferente em Palmeiras e Atlético-MG causa choque

“É difícil falar agora. Passamos por um momento difícil, pegamos um adversário muito qualificado, sabíamos da importância da Libertadores para nós esse ano, é um ano diferente para o Atlético por conta da inauguração do estádio. Eu, particularmente, me sinto responsável por essa eliminação. Era o nosso ano, mas não conseguimos classificar. Quero pedir desculpas à torcida, batalhamos muito, é pedir desculpas e seguir o trabalho. Temos o Brasileirão pela frente”, disse o atacante.

Assim como Artur, Paulinho também faz temporada de destaque. Contratado no início do ano, o camisa 10 já marcou 15 gols e concedeu seis assistências em 2023.

Libertadores: Palmeiras elimina Atlético-MG em noite ruim de estrelas
Paulinho chora após eliminação do Atlético-MG no Allianz Parque (Foto: Icon Sport)

Quem o Palmeiras enfrentará nas quartas de final?

Garantido em mais uma quartas de final de Copa Libertadores, o Palmeiras de Artur, Abel Ferreira e companhia já sabe quem irá enfrentar no certame. Trata-se do Deportivo Pereira. Surpreendentemente, o time colombiano eliminou a sensação Independiente del Valle e garantiu sua vaga.

Por ter feito melhor campanha na fase de grupos, o Alviverde terá a vantagem de decidir o confronto contra os colombianos em casa, no Allianz Parque.

Próximos jogos do Palmeiras

  • Palmeiras x Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro – Allianz Parque – segunda-feira (14/8), às 19h (horário de Brasília);
  • Cuiabá x Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro – Arena Pantanal – sábado (19/8), às 18h30 (horário de Brasília);
  • Palmeiras x Vasco, pelo Campeonato Brasileiro – Allianz Parque – segunda-feira (28/8), às 20h (horário de Brasília)

Próximos jogos do Atlético-MG

  • Atlético-MG x Bahia, pelo Campeonato Brasileiro – Mineirão – domingo (13/8), às 11h (horário de Brasília);
  • Vasco x Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro – São Januário – domingo (20/8), às 11h (horário de Brasília);
  • Atlético-MG x Santos, pelo Campeonato Brasileiro – Mineirão – domingo (27/8), às 18h30 (horário de Brasília)
Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Carioca, 23 anos. Cobri o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Repórter de futebol nacional e sul-americano no Futebol na Veia.