Julio Cesar, o paredão brasileiro, completa 41 anos

Nesta quinta-feira(3), a Coluna Parabéns ao Craque homenageia Júlio César Soares de Espíndola, mais conhecido como Júlio César. O ex-goleiro defendeu a meta da Seleção Brasileira em duas Copas do Mundo. Além disso, vestiu a camisa da Inter de Milão e foi eleito o melhor goleiro da Europa em seu auge. Sendo assim, vamos relembrar um pouco sobre a brilhante trajetória desse excepcional guarda-redes durante sua vida futebolística.

FLAMENGO: INÍCIO DE CARREIRA

Júlio César nasceu em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, e iniciou sua carreira nas categorias de base do Flamengo aos 12 anos. Assim, aos 17 anos, foi integrado ao time profissional do clube e suas boas atuações contribuirão para que o Mengão não fosse rebaixado em 2001, 2002 e 2004. Ademais, Júlio também participou de campanhas vitoriosas, conquistando o Campeonato Carioca em 1999, 2000, 2001 e 2004, a Copa dos Campeões em 2001 e a Copa Mercosul em 1999. Sendo assim, despontando um ótimo futebol debaixo das traves, o goleiro começou a ser cobiçado por alguns clubes Europeus. Vestindo a camisa do clube carioca, o atleta alcançou a marca de 284 jogos.

INTER DE MILÃO: O MELHOR DA EUROPA

Em 2005, Julio Cesar embarcou para a Itália para jogar na Inter de Milão. No entanto, o início no clube italiano foi difícil, pois o goleiro acabou sendo emprestado para o Chievo. Todavia, após o período de empréstimo, Julio voltou e logo assumiu a titularidade do time. Assim, reencontrando o bom futebol a equipe italiana, conquistou o Campeonato Nacional em 2006-07, 2007-08, 2008-09 e 2009-10, a Supercopa da Itália em 2006, 2008 e 2010. Além disso, conquistou a Liga dos Campeões em 2009-10 e o Mundial de Clubes no mesmo ano. O goleiro brasileiro, além de todas essas conquistas, foi eleito o melhor goleiro da Europa em 2009-10. Sendo assim, foram 300 jogos com a camisa da Inter.

https://www.instagram.com/p/BgGxcyaF4WZ/

BENFICA: O REGRESSO PARA EUROPA

Após passagens apagadas pelo Toronto FC e Queens Park Rangers, Julio é apresentado no Benfica em 2014. Contudo, o goleiro brasileiro sofreu com uma lesão e fez apenas 80 jogos na equipe portuguesa. Mas, foi em Portugal que o mesmo voltou a conquistar títulos, conquistando a Taça da  Liga e a Taça de Portugal em 2014-15, 2015-16 e 2016-17.

FLAMENGO E APOSENTADORIA

Em 2018, Júlio Cesar voltou ao Flamengo fazendo um contrato simbólico para disputar somente o Campeonato Estadual e o início do Brasileirão. Dessa maneira, o goleiro, depois de 13 anos, voltou a vestir a camisa do Rubro-Negro diante do Boavista pelo Campeonato Carioca, sendo titular e o capitão na vitória por 3 x 0. Pouco depois, fez a sua partida de despedida na estreia no time no Campeonato Brasileiro contra o América-MG, em pleno Maracanã. Ademais, atualmente Julio faz alguns trabalhos como comentarista esportivo em algumas emissoras de TV.

SELEÇÃO BRASILEIRA

Julio Cesar começou sua trajetória na Seleção Brasileira em 2004. Assim, o goleiro participou de diversas competições ao longo dos anos. Conquistou a Copa América em 2004 e a Copa das Confederações em 2005 e 2014. Todavia, Julio defendeu a meta do Brasil nas Copas do Mundo de 2010 e 2014, mas o guarda-redes é muito lembrado por algumas falhas e o fatídico 7 x 1.

Foto Destaque: Reprodução/Calciopédia

Leonardo Lopes da Silva
Estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Eu escolhi jornalismo porque me identifico muito com os ofícios desta profissão. Aos 10 anos , tive a minha primeira experiência sendo fundador de uma rádio comunitária. Pretendo seguir minha carreira na editoria de esportes. Instagram - @leo_lopes77
Você está aqui
Futebol Na Veia > Notícias Extra-Campo > Julio Cesar, o paredão brasileiro, completa 41 anos

Artigos Relacionados