Jair sofre ruptura muscular e segue como desfalque no Galo

Na tarde do último domingo (6) uma notícia muito ruim para o Galo. Após ser diagnosticado com o novo coronavírus e, recém liberado para retornar aos treinos, o volante Jair volta a ser baixa no elenco do Atlético.

Em suma, de acordo com informação passada pela assessoria do clube, o jogador sofreu uma ruptura muscular na panturrilha esquerda. A lesão aconteceu durante o treino de sábado (5). O tratamento já foi iniciado, entretanto, o atleta não tem previsão de retorno.

ATLÉTICO X INTERNACIONAL

Primeiramente, o empate cedido ao Internacional no último domingo (6), pode acarretar reflexos mais duros ao Galo nos próximos dias. Com 24 partidas concluídas no Campeonato Brasileiro, o Alvinegro vê os adversários que ocupam o G4 ostentarem um jogo a menos na competição.

Com 47 pontos, o líder São Paulo encara o desesperado Botafogo na quarta-feira (9). Posteriormente, caso vença, o time comandado por Fernando Diniz abrirá sete pontos de vantagem.

GOLEIRO RAFAEL LIBERADO

Apesar de toda a dor de cabeça causada pelo empate em 2 x 2 com o Internacional no último domingo (6), o Galo iniciou a segunda-feira (7) com uma boa notícia. Após cumprir quarentena, o goleiro Rafael está de volta aos treinamentos na Cidade do Galo.

Em síntese, o período de 10 dias de isolamento que deve ser cumprido de acordo com o protocolo da CBF chegou ao fim. Sendo assim, o arqueiro de 31 anos está liberado pelo departamento médico e já retornou às atividades. Com isso, vira mais uma opção para o técnico Jorge Sampaoli.

No próximo sábado (12), o Galo volta a campo, e encara o xará paranaense, na Arena da Baixada, em Curitiba. Vencer o Furacão se tornou mais do que obrigação para o Atlético, para que seja possível seguir sonhando com o título do Campeonato Brasileiro. Vale lembrar, que o São Paulo, que é o atual líder, possui quatro pontos a mais na competição.

JUNIOR ALONSO

Fora da última partida, já que precisou cumprir suspensão, o zagueiro Junior Alonso comentou em entrevista na Cidade do Galo sobre o empate com o Internacional. O xerife da zaga alvinegra evitou analisar o desempenho da equipe, mas deixou clara a sua visão sobre a realidade do Atlético:

“Não pude estar na partida, mas teremos uma semana para trabalhar e corrigir os erros. Temos a obrigação de ganhar para seguir na luta pelo campeonato e não perder de vista o São Paulo. Temos que melhorar muito para continuar nesta luta. Na parte emocional, temos que seguir com a cabeça erguida, pois temos 14 partidas, sendo 42 pontos, e o mínimo que podemos fazer é trabalhar em dobro”.

O zagueiro ainda destaca:

“Somos a equipe que mais fez jogando em casa, isso é um ponto a favor. Sentimos sim que perdemos dois pontos contra o Inter, que não mereceu tanto o resultado. Temos a obrigação de vencer como mandantes, por isso temos que vencer como visitantes no fim de semana”, finaliza.

Foto Destaque: Reprodução/Twitter Oficial Atlético

Rhaíssa Oliveira
Rhaíssa Oliveira
Rhaíssa de Oliveira Cortes, mineira de 30 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, sobretudo amante do futebol. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, e é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!

Artigos Relacionados