Guilherme Parede está no Rio de Janeiro para assinar com Vasco

Guilherme Parede deverá mesmo ser o próximo reforço do . Assim, nesta sexta-feira (31), o jogador de 24 anos chegou ao Rio de Janeiro para finalizar os últimos detalhes e, após isso, realizar os exames médicos para assinar contrato com o clube cruzmaltino. No atual modelo do negócio, o atleta seria emprestado até dezembro. Sendo assim, perderia as últimas 11 rodadas do Campeonato Brasileiro, que será encerrado apenas em fevereiro. Há o otimismo por parte da diretoria vascaína de que a definição se dê ainda neste final de semana.

Outra equipe que tinha interesse em Guilherme Parede era o Coritiba, clube que vendeu seu passe ao Talleres por 3,4 milhões, em janeiro de 2020. O atacante estava em Curitiba desde que a Copa de Superliga foi interrompida e usava as instalações do Coxa para manter sua forma física. Porém, tudo indica que o atleta optará pelo calor do Rio de Janeiro ao invés do frio curitibano. Na Argentina, o jogador estava em boa fase, marcando quatro gols e contribuindo com duas assistências nas sete partidas que disputou.

https://twitter.com/newscolina/status/1289264225928413184

COMO JOGA GUILHERME PAREDE?

Com quatro gols e duas assistências em suas sete partidas pelo Talleres, o atacante definitivamente deixou uma ótima impressão aos torcedores de La T. Nesses primeiros jogos, Guilherme Parede se mostrou um jogador de muita participação no ataque, tanto para a conclusão a gol quanto para criação das oportunidades. Atuando pelas pontas, sobretudo na direita, o brasileiro participou diretamente de 45% dos gols de sua equipe na Superliga Argentina. Sendo assim, mesmo com pouco tempo de casa, o atleta se tornou fundamental no funcionamento do time de Alexander Medina. Apesar de não ter caído nas graças da torcida do Internacional, seu ótimo início em 2020 deve o credenciar como uma importante aquisição para o Vasco da Gama.

Confira alguns lances de Guilherme Parede pelo Talleres:

https://www.youtube.com/watch?v=QYo7gMNkW-U

Foto Destaque: Reprodução / Ramiro Pereyra / Archivo

Odilon Santiago

Odilon Santiago

Tenho 19 anos de sonho e de sangue e de América do Sul. Apaixonado pela escrita e pelo futebol, sobretudo naquele que é praticado em canchas latinas, com muito papel picado, catimba e cachorro invadindo o gramado. Um tango argentino me vai bem melhor que um Blues. Jornalista em formação pela Universidade São Judas Tadeu.