Grêmio comemora vitória

Na noite desta quarta-feira (2), o Grêmio recebeu o São Paulo em sua Arena, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dessa forma, o Imortal fez uma ótima partida, vencendo por 3 x 0, sem dar chances para o Tricolor Paulista. Assim, se manteve vivo na briga contra o rebaixamento.

Assista aos melhores momentos entre Grêmio x São Paulo

1º Tempo: Gaúchos na frente

Os donos da casa estiveram melhores desde o início. Aos 15′, Thiago Santos roubou de Rodrigo Nestor na entrada da área, e após bate-rebate, Campaz serviu o volante, que tinha o gol livre, sem goleiro. Contudo, Miranda salvou em cima da linha. Logo depois, Rafinha foi ao fundo e cruzou na cabeça de Douglas Costa. O meia estava marcado, e apesar de se desequilibrar, conseguiu cabecear com perigo. Entretanto, a bola passou ao lado do gol. A pressão deu resultado e, logo em seguida, Ferreira encontrou Diogo Barbosa livre. O lateral encontrou Thiago Santos livre na área, que, de cabeça, mandou para as redes e se redimiu.

O São Paulo, perdido em campo, pouco criava. Com um meio de campo disperso e exposto, o time do técnico Rogério Ceni não conseguia trocar passes e progredir. Assim, o meia Benítez não se aproximava dos atacantes, que por sua vez, ficavam isolados do restante do time. Logo, pouco puderam fazer, e o Grêmio conseguiu levar para o vestiário a vantagem pelo placar mínimo.

2º Tempo: Tricolor Gaúcho vivo

Na etapa final, nada mudou. O Tricolor Gaúcho seguia dominando, e Campaz fez Volpi trabalhar logo no início, em chute da lateral da área. Logo após, Ferreira perdeu o que seria um dos gols mais bonitos do ano. O ponta driblou três marcadores na entrada da área, mas bateu para fora. Aos 16′, Nestor arriscou de longe, e Gabriel defendeu sem sustos. Em seguida, Douglas Costa lançou Ferreira, que invadiu a área e acertou a trave. Logo após, Diogo Barbosa recebeu no meio de campo, teve grande espaço pela meia esquerda e avançou. Em seguida, driblou Igor Gomes sem dificuldades e, de direita, bateu colocado no ângulo esquerdo de Tiago Volpi para ampliar.

Aos 24′, Campaz cruzou para Borja, que finalizou de carrinho na trave. Assim, o Grêmio ficava no campo de ataque, mantendo a pressão. Porém, o melhor ficou para o final. Já nos acréscimos, a dois minutos do fim, Liziero dominou errado na entrada da área. Darlan aplicou um chapéu no volante e bateu para a frente, e Jhonata Robert completou. Borja brigou por ela, que se ofereceu de novo para Jhonata no círculo central. O atacante percebeu Volpi adiantado e arriscou dali mesmo, de primeira, encobrindo o goleiro e fechando a conta em 3 x 0.

Grêmio x São Paulo – E agora?

Dessa forma, o Grêmio respira mais aliviado, mas ainda precisa lutar para se manter na elite do futebol brasileiro. No domingo (5), enfrenta o Corinthians, fora de casa, às 16h. O clube gaúcho ainda ocupa a 18ª posição. O São Paulo, por sua vez, está em 12º lugar e ainda tem chances de rebaixamento. Na segunda-feira (6), recebe o Juventude, rival direto nessa briga, no Morumbi, às 19h. Ambos os jogos serão no horário de Brasília.

Foto destaque: Divulgação/Grêmio

Murillo Bolhsen
Me chamo Murillo, tenho 20 anos e sou estudante de jornalismo. Decidi que queria juntar as minhas duas paixões: o futebol e o jornalismo, vivendo e convivendo com ambas em todas as ocasiões que eu puder.