Gre-Nal teve pedido de casamento inédito

Atualmente tem se tornado comum os pedidos de namoro e casamento durante os intervalos de jogos. No entanto, a partida entre Grêmio e Internacional trouxe um acontecimento inédito para as arquibancadas do futebol gaúcho. Durante o Gre-Nal 422, um casal de gremistas firmaram o compromisso. Porém, o que chamou atenção foi que dessa vez o mesmo era formado por duas mulheres.

Mostrando uma bandeira escrita “clube de todos”, o Grêmio exibiu no telão o pedido da Arena. Sendo assim, toda a torcida pôde acompanhar o momento do pedido de casamento de Juliana e Nicolli. Dessa maneira, o sim foi dito. Além disso, o pedido acabou com beijo, e todos os torcedores aplaudiram. Este pedido de casamento foi inédito, já que foi o primeiro homoafetivo no intervalo de jogos na Arena e do clássico Gre-Nal.

Com a cerimônia já pensada para o ano de 2020, o momento foi especial para o casal. A ideia de Juliana Pacheco, de 29 anos, foi para tornar o momento mais especial ainda para a sua noiva, Nicolli Cernicchiaro, de 22 anos. A empresária nunca tinha ido a uma partida de futebol até começar a namorar a fanática cozinheira. Dessa maneira, se depender delas, o Gre-Nal 422 não marcará somente as suas vidas. Em entrevista ao ‘GaúchaZH‘, Juliana diz sobre a busca da aceitação da diversidade sexual nos estádios:

“Queremos dar mais visibilidade para lutar pelo nosso direito, que cada vez menos pessoas preconceituosas existam. Espero que seja um marco. Em todas as áreas, temos de fazer um movimento inclusivo. Ali no estádio, todos estão torcendo pela mesma coisa, não importa se a cor é diferente, a orientação sexual. Qualquer lugar tem de ser inclusivo para qualquer tipo de pessoa”, falou a gremista.

O Jogo

Na ocasião do pedido, o Grêmio enfrentava o Internacional em mais uma clássico gaúcho. A edição 422 aconteceu no último domingo (3), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. No encontro entre rivais, Geromel e Rômulo marcaram e tabela, com 46 pontos.

Foto Destaque: Divulgação/Arena do Grêmio

Lauren Berger
Lauren Berger
Lauren Berger, gaúcha e apaixonada por futebol. Cresci vendo grandes nomes do Brasil em campo e um sentimento especial cresceu em mim. Vi Ronaldinho Gaúcho, Fernandão, Cristiano Ronaldo, Iniesta e foi amor à primeira partida. Estudo na Universidade Luterana do Brasil-RS.

Artigos Relacionados