Anderson Bahia

Depois de três meses com jogos paralisados devido a pandemia do novo coronavírus, os jogadores do Bahia voltam aos treinos presenciais no Centro de treinamento Evaristo de Macedo. Em entrevista coletiva, o goleiro Anderson analisou o possível retorno das competições. Ainda mais que o Esquadrão terá pela frente a Copa do Nordeste, Sul-Americana e Campeonato Brasileiro.

“Se for bem feito, bem programado, podemos suportar. Hoje o Bahia tem uma estrutura enorme. Acho que dá tranquilo devido a isso, fisiologia, fisioterapia, ajuda bastante, recuperamos mais rápido”, afirmou.

Antes que as competições fossem paralisadas, Anderson vinha sendo titular no gol e agora com o retorno, a briga pela posição volta a tona. No entanto, o arqueiro ressalta que é uma disputa saudável, além de exaltar a amizade com Douglas.

“O Douglas é meu vizinho de condomínio, nossos filhos são amigos, brincam todo dia. Nossa briga é sadia, acabou o treino, damos risada, até mesmo durante. Ele vai fazer três anos de clube, eu vou fazer seis, não é à toa, o futebol é muito difícil, dinâmico. É treinar todo dia para deixar o Roger sem dormir, ele é bem remunerado”, disse.

Lembrando que as entrevistas coletivas acontecem depois das atividades presenciais e sem a presença da imprensa.

Foto Destaque: Bruno Queiroz/EC Bahia

 

Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

Artigos Relacionados