Goiás x Criciúma como aconteceu – Resultado, destaques e reação

Na noite desta quinta-feira (17), o duelo Goiás x Criciúma aconteceu pela 2ª fase da Copa do Brasil. Assim, o Tigre até jogou bem fora de casa, mas o Verdão venceu por 1 x 0, com gol atacante Nicolas. Dessa forma, o Alviverde está na 3ª fase, e ganhou uma premiação milionária por se classificar. Por outro lado, os catarinenses agora esperam o início da Série B.

Assista aos melhores momentos de Goiás x Criciúma

1º tempo: Criciúma pressiona, mas não consegue abrir o placar

Desde o início do jogo, o Criciúma que buscou o ataque. A saber, logo no início, Marcelo Hermes recebeu boa bola pela esquerda e cruzou. Porém, ela tomou a direção do gol, e tocou no travessão antes de sair. Em seguida, Claudinho tabelou com Bilú pela direita, invadiu a área e bateu cruzado, mas a bola foi para fora.

O Goiás assustou em uma jogada de grande habilidade de Élvis, que achou Maguinho dentro da área. O lateral do Verdão bateu firme, e o goleiro Gustavo defendeu. No fim do primeiro tempo, o Criciúma chegou de novo com u chute de fora da área do meia Marcos Serrato. Porém, Tadeu estava lá para fazer grande defesa e garantir o 0 x 0 nos 45 minutos iniciais.

2º tempo: Nicolas decide para o Goiás

Na volta do intervalo, o Goiás melhorou, e buscou fazer mais jogadas no ataque. Logo no começo, Fellipe Bastos pegou sobra de fora da área e bateu direto. Porém, a finalização não saiu tão forte, e Gustavo defendeu com facilidade. Em seguida, veio o gol do Verdão. Vinícius cruzou da esquerda para a área, e Nicolas subiu mais que todo mundo para cabecear no cantinho do goleiro. Assim, o jogo ficou mesmo no 1 x 0.

Goiás x Criciúma – E agora?

Com esse resultado, o Goiás está classificado para a 3ª fase, mas só conhecerá seu adversário em sorteio no dia 28 deste mês. Por outro lado, o Criciúma agora só entra em campo no Brasileirão Série B, e terá um bom período de preparação.

Foto destaque: Divulgação / Goiás EC

Caian Oliveira
Minha paixão sempre foi o futebol. Mas, nunca sonhei em ser jogador. Não, meu sonho de moleque era levar o futebol às pessoas através da Comunicação. E aqui estou, realizando meu sonho.