Giuliano

Antes de mais nada, o Corinthians apresentou oficialmente o meio-campista Giuliano, nesta quarta-feira (4). O jogador vai vestir a camisa 11 no Timão. Dessa maneira, o meia falou que vai ajudar o clube paulista, mas não depende só de si e de e Renato Augusto para melhorar a equipe alvinegra.

“Chegamos para ajudar, tenho certeza. Com a nossa experiência e qualidade e o que podemos produzir, a gente pode ajudar muito. Mas não existe salvador da pátria. Não é jogo individual. É coletivo. Depende dos companheiros e a melhor equipe vence. Um jogador pode decidir num momento específico. Futebol é grupo. Há jogadores dispostos a ajudar para que o clube cresça. Se a expectativa é grande, fico feliz. É um reconhecimento do meu trabalho. Sinal que fiz algo certo na minha carreira. Isso é bom. Se não quisesse cobrança, não viria ao Corinthians”, disse Giuliano.

Logo depois, já sabe como é a pressão de jogar Parque São Jorge.

“Sim, tenho noção. Eu era corintiano quando era pequeno, sei que essa cobrança existe. Estou realizando um sonho de menino, vestir essa camisa, representar uma nação. Torcida que cobra muito, mas que também apoia. São nos momentos difíceis que temos que nos unir para fortalecer como entidade, time torcida, ser um só. Da minha parte não vai faltar raça e vontade. Estou contando os dias para estar 100% fisicamente para ajudar a equipe. Dedicação e trabalho não vão faltar”, analisou.

GIULIANO SOBRE A ESCOLHA DA CAMISA 11

Por fim, explicou que não tinha preferência com número. Em contrapartida, a camisa 10 estava disponível, porém preferiu a número 11.

“Eu não tenho problema nenhum com número. Já usei a 7, a 8, a 10, a 88 e a 11. Me deram a opção, tinha a 10 disponível, mas eu escolhi a 11”, concluiu.

De antemão, o meio-campista já está regularizado na BID e pode estrear contra o Santos, neste domingo (8), em partida válida do Campeonato Brasileiro 2021.

Foto destaque: Divulgação/Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Juan Camilo
Meu nome é Juan Pablo, tenho 19 anos e estudo Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi (UAM). O jornalismo é um privilégio de estar nessa área incrível. Amo futebol, basquete, jogos antigos. Meu objetivo é conseguir ser um dos melhores jornalistas e ser correspondente esportivo.
https://linktr.ee/juanpablocamilo