Arena MRV apresenta o primeiro episódio do documentário "A Era Preta e Branca"

O processo da construção da Arena MRV está sendo registrado passo a passo. E será eternizado através de uma websérie documental. Onde terá a história de toda a evolução da obra da casa dos atleticanos. Desde a fase do projeto, que teve início em 20 de abril, até a tão sonhada inauguração do estádio, que está prevista para 2022. A princípio, o primeiro episódio do documentário “A Era Preta e Branca”, já está disponível no canal oficial da Arena MRV. Desde o dia 13 (sexta-feira), às 13h13 (horário de Brasília), a torcida alvinegra têm acesso à todo o processo.

Antes de mais nada, o gerente de Marketing da Arena MRV João Márcio Coelho Júnior afirma:

“A construção da Arena MRV é o marco de um novo tempo para o Clube Atlético Mineiro. Todos os detalhes da realização do sonho atleticano serão registrados e contados em 10 episódios, de 13 minutos cada, que serão lançados trimestralmente, sempre no dia 13 de cada mês no canal da Arena MRV no YouTube”.

Contudo, nos episódios apresentados, além dos bastidores da construção, o torcedor atleticano encontra imagens exclusivas. E também com depoimentos dos envolvidos no projeto. Nesse sentido, o primeiro episódio mostra a concepção da Arena, junto ao Conselho Deliberativo do Atlético. Enfim, além dos esforços para conseguir o investimento necessário para a obra, e também os primeiros obstáculos da construção. Como resultado, Marcello Marques, da Guerrilha Filmes, diretor da série “A Era Preta e Branca”, aceitou o desafio de contar essa história, e ressalta:

“Esse projeto, além de ter uma sensibilidade em sua concepção, deve ser pensado passo a passo, a cada etapa vencida”.

O PROJETO

Com 13′ e 29” de duração, o primeiro dos dez episódios previstos ganha o título de “O Projeto”, onde conta o processo criativo e de idealização do estádio. Ao mesmo tempo, tem imagens dos primeiros rascunhos desenhados.

Em conclusão, o documentário também serve para mostrar as dificuldades no andamento da obra, como exemplo as etapas de chuvas. É importante para que todos tenham noção que os desafios fazem parte do processo. Além de mostrar que a realização do sonho atleticano se move por raça, suor e coração.

Foto Destaque: Reprodução/Twitter Oficial Atlético

Rhaíssa Oliveira
Rhaíssa de Oliveira Cortes, mineira de 30 anos, jornalista em formação e apaixonada por esportes, sobretudo amante do futebol. Resolvi fazer da minha paixão pelo esporte a minha profissão. Ouço muito que arquibancada e futebol não são coisas de mulher, e é por isso que vou descer da arquibancada e cobrir os jogos de dentro do campo!

Artigos Relacionados