Fortaleza x Juventude como aconteceu - Resultado, destaques e reação

Na última sexta-feira (3), Fortaleza x Juventude entraram em campo em partida válida pela 36ª rodada do Brasileirão Série A 2021. Assim, na Arena Castelão, as equipes fizeram um jogo equilibrado, especialmente na etapa complementar. Logo, com gol na reta final, o Leão do Pici venceu, por 1 x 0, por intermédio de Depietri. Dessa forma, os cearenses conquistaram vaga na Libertadores, enquanto que o Jaconero segue lutando contra o rebaixamento à Série B.

Assista aos melhores momentos de Fortaleza x Juventude

1º tempo: Juve segura domínio do Leão

Inicialmente, a partida começou intensa com o Fortaleza tendo o domínio territorial e a maior posse de bola. Logo aos 2′, o Leão do Pici reclamou de pênalti. No entanto, o VAR foi consultado e marcou, na verdade, uma falta de David em Vitor Mendes, do Juventude. Assim, o time da casa passou a dominar as ações e criar boas chances no campo de ataque com Robson e Yago Pikachu, mas sem concluir bem. No fim, o Jaconero segurou bem a pressão e levou o empate sem gols para o intervalo.

2º tempo: gol no fim decide a vitória leonina

Na volta do intervalo, o domínio retratado na etapa inicial deu lugar a um jogo equilibrado em que os clubes se revezaram no campo de ataque em busca do gol. Assim, os goleiros Douglas e Marcelo Boeck salvaram chutes de Robson e Sorriso, respectivamente. Enquanto que reta final, Vitor Mendes cabeceou na trave. Por fim, aos 36′, Douglas saiu mal no tiro de meta, e Depietri fez o gol do Fortaleza, assegurando o triunfo do Leão do Pici.

Fortaleza x Juventude – E agora?

Dessa forma, com o resultado, o Fortaleza se garantiu, matematicamente, na Libertadores 2022 pela primeira vez em sua história chegando aos 55 pontos, na 5ª colocação. Já o Juventude parou nos 43 pontos e segue ameaçado de rebaixamento, na 15ª posição. Agora, na próxima rodada, o Leão do Pici visita o Cuiabá, na segunda-feira )6), às 20h (horário de Brasília). Enquanto o Juve viaja para enfrentar o São Paulo, no mesmo dia, mas às 19h (horário de Brasília).

Foto Destaque: Divulgação/Juventude

Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 29 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."