Fluminense: Manoel exalta sistema defensivo do time

Após a vitória por 1 x 0 contra o Cuiabá, neste domingo (6), o Fluminense somou três jogos sem sofrer gols. Dessa forma, a zaga tricolor não foi vazada no triunfo por 2 x 0 sobre o Bragantino. Assim sendo, no primeiro confronto da 3ª rodada da Copa do Brasil. Além disso, a defesa mostrou força no empate sem gols com o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro.

Portanto, a zaga da equipe vem dando sinais de evolução na temporada. Bem como, no Campeonato Brasileiro de 2020, que o sistema defensivo foi um dos pontos fortes do Time de Guerreiros. Com isso, em boa fase, o zagueiro Manoel falou ao site oficial do Fluminense sobre a importância do elenco homogêneo.

“Muito importante chegar ao terceiro jogo sem sofrer gol. A gente sabe da qualidade do nosso sistema defensivo, mas também temos que ressaltar a parte da frente, que contribui muito. É um momento bom que a gente espera manter. Esperamos manter o nível de atuações, porque não tomando gol, a gente com certeza vai fazer lá na frente por causa da qualidade dos jogadores que nós temos. Fico feliz e vamos entrar mais dedicados a cada jogo para conseguir nossos objetivos”.

Manoel no Fluminense

O zagueiro que veio ao time como um dos reforços para a temporada, é o substituto de Luccas Claro. Dessa maneira, segundo o site SofaScore, Manoel totaliza dois cortes e três interceptações, com 84,6% de passes certos. Com o desfalque de Nino, que está com a seleção olímpica, o camisa 26 disse estar feliz pela chance de ser titular na equipe do Flu.

“Feliz pela oportunidade. Estou muito tranquilo, procurando sempre ajudar meus companheiros dentro de campo, orientando. Estou me sentindo bem, fazia um tempo que não jogava, mas estou bem e sempre à disposição para ajudar a equipe”.

Foto Destaque: Divulgação/Fluminense

Juliana Veiga
Estudante de Jornalismo, carioca, 22 anos. Escolhi o jornalismo, pois é uma profissão admirável, que apresenta uma amplitude de áreas para atuação e possui a missão de informar e formar opiniões. Desde a minha infância sonhava em ser comunicadora, e a paixão pelo futebol sempre esteve presente em minha vida. Assim, tornando o jornalismo esportivo a primeira certeza que tive na profissão. Redatora em sites jornalísticos e apaixonada por esportes, escrita e fotografia.

Deixe uma resposta