FLAMENGO X AMÉRICA-MG

O Flamengo derrotou o América-MG na tarde do último domingo (13), por 2 x 0, no Maracanã. A partida foi válida pela 3ª rodada do Brasileirão 2021 e terminou com gols de Bruno Henrique e Muniz. Como resultado, o placar projetou o Rubro-negro para 3° lugar e afundou ainda mais o Coelho na lanterna.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE FLAMENGO X AMÉRICA-MG 

1º TEMPO: DOMÍNIO RUBRO-NEGRO E GOL DE BRUNO HENRIQUE

Apesar de possuir diversos desfalques, o Flamengo dominou o jogo e envolveu o Coelho. Com poucos minutos de jogo, o arbitro chegou a marcar pênalti para os mandantes, mas o VAR indicou impedimento no lance. Assim, o jogo seguiu com o Rubro-negro tentando infiltrar na fechada defesa americana. Aos 18’, Cavichioli fez bela defesa em cabeceio de Bruno Henrique. No entanto, aos 23’, após bela jogada de Vitinho, Bruno Henrique recebeu livre e abriu o placar para o Mengão.

2º TEMPO: MAIS PRESSÃO DO FLAMENGO, BOLA NA TRAVE DE GERSON E GOL DE MUNIZ

A segunda etapa foi mais movimentada, novamente com o Flamengo dominando. Michel e Gerson tentaram, mas sem sucesso. Embora o time de Lisca tenha optado pelo retranque e por jogadas de contra-ataque, o Mengo conseguiu ser efetivo. Após outra assistência de Vitinho, o jovem Muniz dominou, limpou e chutou cruzado para ampliar. A única finalização certeira do América foi com Ademir que parou nas mãos de Diego Alves. No finalzinho, Gerson ainda ameaçou com bola na trave e finalização bem defendida por Cavichioli.

FLAMENGO X AMÉRICA-MG – E AGORA?

Certamente o resultado foi desanimador para a torcida americana. Isso porque essa foi a terceira derrota consecutiva na competição, ou seja, 0% de aproveitamento até então. Além disso, o time ocupa a lanterna e ainda foi eliminado da Copa do Brasil na semana passada. O Flamengo, por outro lado, saboreia o 3º lugar, soma seis pontos e ainda possui um jogo a menos. Sendo assim, a campanha até então é perfeita, em contrate com o Coelho.

Foto Destaque: Divulgação/ Flamengo

Isabella Cunha
Sou de Belo Horizonte, tenho 22 anos, estudo jornalismo na PUC Minas, sou cartoleira e apaixonada por um time aí. Admiro a influência do futebol na vida das pessoas e, claro... na minha! Essa paixão me move, eu vivo por esse sentimento. E viverei. Tanto pessoalmente, como profissionalmente.