Flamengo: os 7 maiores técnicos da história do clube

- Confira a lista do Top-7 maiores treinadores do Flamengo
Flamengo

O Flamengo vem fazendo história nos últimos meses, vencendo Campeonato Brasileiro, Libertadores, Recopa e outros títulos. Certamente, muitas destas glórias podem ser atribuídas ao grande trabalho do português Jorge Jesus. Em homenagem a este momento do clube e do técnico, o Futebol na Veia preparou uma lista com os 7 maiores treinadores da história do clube. Claramente, Jesus está na lista ( mas não é o primeiro) que conta com nomes do passado que marcaram história e encaminharam o rubro-negro para o que ele é hoje. Veja a lista a seguir:

7º –  ZAGALLO

Mário Jorge Lobo Zagallo foi escolhido para abrir a lista devido a sua importância histórica para o clube não só como jogador mas também como técnico. Apesar de haver técnicos que levantaram canecos do Campeonato Brasileiro, Zagallo se encontra a frente pelo seu vasto trabalho para o futebol brasileiro. Além disso, o maior campeão mundial foi o comandante de um dos torneios mais marcantes e emocionantes da história do Flamengo. Isso mesmo, estou falando do Campeonato Carioca de 2001 que ficou marcado pelo golaço de falta de Dejan Petkovic no minuto 43 da decisão.

Zagallo venceu também como treinador do rubro-negro outro estadual em 1972 e a Copa dos Campeões em 2001, sendo este segundo seu único título nacional com o clube. Por essas e outras, Mário Jorge Lobo Zagallo foi o escolhido para ocupar a sétima colocação do maiores técnicos da história do Clube de Regatas do Flamengo.

6º – FLAVIO COSTA

Flávio Rodrigues Costa é o sexto colocado dessa lista que certamente começa a apresentar grandes disputas. Flávio foi o treinador que mais vezes comandou o rubro-negro. Foram 784 jogos nos períodos de 1934 a 1944 e de 1962-65, recorde que provavelmente será dele para sempre. Além disso, é o técnico que mais vezes levantou o Campeonato Estadual pelo Flamengo e o treinador do primeiro tricampeonato da história do Clube nos anos de 1942, 1943, 1944. Os outros dois títulos cariocas foram conquistados em 1939 e 1963.

O time histórico dos anos 40 que contava com jogadores como Válido, Zizinho, Domingos da Guia e Biguá foi comandado a pulsos firmes por Flávio Costa que dominou aquela década mostrando toda a sua modernidade e superioridade. O mesmo é o técnico mais vezes campeão carioca e em uma época onde o torneio era o principal campeonato dos clubes. Por isso, Flávio Costa é o sexto colocado desta lista. Curiosamente, foi ele que criou a função de volante no futebol brasileiro, quando certa vez, seu meia Carlos Volante havia sido expulso e o mesmo não sabia como explicar aonde o substituto jogaria. Logo então gritou “Jogue como Volante”.

5º – FLEITAS SOLICH

Manuel Agustín Fleitas Solich faz parte desta lista. O paraguaio, assim como o já citado Jorge Jesus, chegou ao Brasil e mudou a estrutura do futebol carioca Em 1953, depois de se sagrar campeão da Copa América com o Paraguai em cima da seleção canarinho, Fleitas Solich chegou a Gávea para ser crucial na história do clube. Ídolo de Zagallo, o paraguaio foi o técnico do segundo tricampeonato estadual (1953 – 1954 – 1955) e responsável por lançar ao time titular um dos maiores jogadores da historia do Flamengo, Dida. O Feiticeiro comandou o time estrelado que contava com grandes nomes como Evaristo de Macedo, Esquerdinha, Zagallo e Pavão.

O apelido vinha pelas mudanças táticas que transformavam os jogos. Foi o primeiro treinador no Brasil a modificar os jogadores de posição no meio das partidas e quebrar as linhas adversárias. Além disso, Fleitas ainda teve mais duas grandes conquistas pelo rubro-negro em momentos diferentes. Primeiramente em sua volta nos anos 60, quando conquistou o único Rio-São Paulo da história do Flamengo em 1961. Posteriormente em 1971, antes de se aposentar, Fleitas voltou ao clube para fazer o seu papel mais importante da sua história no time. O técnico que revelou Evaristo de Macedo, Zagallo e Dida viu-se diante dele surgir um nome que superaria todos. Ele foi o técnico responsável pelo surgimento no time titular de ninguém menos que ZICO.

4º – CARPEGIANI

Paulo Cesar Carpegiani é o quarto colocado desta lista. O ex-meia do Flamengo foi crucial no momento mais importante da história do clube. Carpegiani assumiu o time logo após a morte de Cláudio Coutinho e conseguiu fazer com que o time vencesse em menos de um mês o campeonato carioca, a Libertadores e o Mundial de Clubes em 1981. Além disso, foi o técnico campeão brasileiro do ano seguinte no comando do time. Se fossemos pensar no peso dos títulos seria então o maior técnico da história mas outras passagens sem muita glória e feitos de outros fazem com que ele ocupe a quinta colocação.

As outras duas passagens de Carpegiani a frente do Flamengo foram nos anos de 2000 e 2018. No último, o técnico venceu a Taça Guanabara mas caiu após ser eliminado no estadual. O técnico é um dos dois nomes da lista que continuam ativos na carreira, no entanto, desde 2018 está sem clube. Além dos títulos, o mesmo foi o técnico responsável pelo histórico jogo da devolução dos 6 x 0 do Flamengo sobre o Botafogo que encerrou um ciclo de rivalidade.

3º – CARLINHOS

Luís Carlos Nunes da Silva, mais conhecido como Carlinhos, é o terceiro maior treinador do Flamengo. O violino, como era conhecido pelo seu jeito de atuar no meio de campo, dedicou a sua vida ao rubro-negro tanto como jogador quanto como técnico e representa uma série de outros nomes vitoriosos do clube. Carlinhos foi o primeiro treinador interino a conquistar títulos nacionais pela equipe, abrindo portas e uma tradição rubro-negra que seguiu anos depois com Andrade e Jayme de Almeida. Até hoje, Carlinhos é o único técnico bicampeão brasileiro com o time da Gávea e o maior vencedor de troféus do clube (6).

Além dos Brasileiros de 1987 e 1992, Carlinhos conquistou a Mercosul de 1999 e os estaduais de 1991, 1999 e 2000. Apesar de não possuir a mesma qualidade como comandante de Fleitas e Flávio, o Violino fez história e sempre que o clube precisou lá estava ele para ajudar independente do que acontecesse. O terceiro lugar entre os maiores técnicos do Flamengo, é mais que merecido para este homem.

2º – JORGE JESUS

Jorge Fernando Pinheiro de Jesus já é o segundo maior nome da história dos técnicos do Flamengo. Em pouco mais de 6 meses venceu 4 títulos nos 5 campeonatos que disputou e pode conquistar ainda mais. O português que chegou na metade do ano de 2019, revolucionou o futebol brasileiro e conquistou o Campeonato Brasileiro e a Libertadores no mesmo final de semana quebrando recordes de todos os gostos. Além disso, em 2020 voltou com tudo mostrando novas revoluções e com isso, já levantou a Supercopa do Brasil e a Recopa Sul-Americana. Se não fosse o Coronavírus, talvez, já estaria entre os três técnicos com maior número de títulos oficiais da história do clube.

Jesus parece ainda ter um futuro bastante vitorioso a frente do Flamengo, uma vez que, tudo indica que o técnico renovará com a equipe. Para muitos, depois de ter voltado a fazer o rubro-negro vencer o maior torneio continental depois de 38 anos e junto com seu carisma já o tornam o maior treinador da história. No entanto, acredito que falta ainda algumas conquistas e feitos pela frente. Mas certamente, o Mister já é ídolo e lenda do Clube de Regatas do Flamengo. 

1º – CLÁUDIO COUTINHO

Chegamos a primeira colocação e ela pertence a ninguém menos que Cláudio Coutinho, o idealizador e principal arquiteto do maior time que o Flamengo já teve. Cláudio Pêcego de Moraes Coutinho, por ter morrido em um trágico incidente em 1981, não conseguiu ver o que aquele time, que com ele conquistou o terceiro tricampeonato carioca (1978-79-79 especial) e o Brasileiro de 1980, conquistar o continente e o mundo. No entanto, os méritos tem que ser dados a ele pelo o que construiu. Coutinho tem um dos melhores aproveitamentos entre todos os técnicos que já passaram pelo Rubro-Negro e revolucionou a estrutura física do clube, uma vez que, tinha formação como preparador físico.

Pode não ter sido o mais vitorioso, não ter sido o primeiro a vencer um tricampeonato e nem o que venceu os títulos mais importante mas a história de Cláudio Coutinho vai além disso. Ele foi o homem que restaurou a confiança do Flamengo após uma série de fracassos e desilusões e levou o histórico time que tinha Zico, Junior, Adílio, Leandro e outros para o encontro das glórias. Pode-se então concluir que o maior técnico da história do Flamengo é Cláudio Coutinho devido a criação e pavimentação do caminho para o sucesso. Assim como, a  trilha existente na Urca em seu nome.

https://twitter.com/Flamengo/status/1081527806398550016

Foto Destaque: Alexandre Vidal / Flamengo

Yuri Murta

Sobre Yuri Murta

Yuri Lima Murta já escreveu 128 posts nesse site..

Estudante de jornalismo e geografia, apaixonado por futebol e por tudo que o cerca. Isso define quem é Yuri Lima Murta. O amor pelo esporte vem desde pequeno e o gosto por relacionar ele com outros temas vem desde o colégio, não atoa a minha monografia na faculdade de Geografia tem como tema a “Chapecoense e a cidade de Chapecó: Como o clube reflete a cidade”

BetWarrior


Poliesportiva


Yuri Murta
Yuri Murta
Estudante de jornalismo e geografia, apaixonado por futebol e por tudo que o cerca. Isso define quem é Yuri Lima Murta. O amor pelo esporte vem desde pequeno e o gosto por relacionar ele com outros temas vem desde o colégio, não atoa a minha monografia na faculdade de Geografia tem como tema a “Chapecoense e a cidade de Chapecó: Como o clube reflete a cidade”

    Artigos Relacionados

    Topo