Ferroviária goleia Toledo-PR pela Série D (Foto: Tiago Pavini/AFE)

Neste domingo (8), chegou ao fim a 11ª rodada do Campeonato Brasileiro Série D 2020. Dessa forma, o destaque do grupo 7 ficou novamente por conta da líder Ferroviária, que goleou o lanterna Toledo-PR por 5 x 1, em Araraquara. Assim também, a Cabofriense venceu, jogando em casa, o Bangu por 2 x 1, e o Mirassol ganhou do Cascavel por 5 x 2, no interior paulista. Por fim, a Portuguesa-RJ atropelou o Nacional-PR, por 5 x 0, em Rolândia.

Com os resultados, a Ferrinha permaneceu na 1ª colocação do grupo e agora está com 23 pontos ganhos. Em seguida aparece o Tricolor Praiano, que subiu para 22. Assim, fechando o G4, o Leão agora tem 19 e o Aurinegro soma 18.  Do mesmo modo, a Lusa está em 5º lugar, com 16. Logo, o  Alvirrubro está na 6º colocado com a mesma pontuação do rival carioca, e o NAC continua na 7ª colocação com cinco pontos. Por fim, o Porco permanece na última colocação com apenas um em 11 jogos.

BRASILEIRÃO SÉRIE D – 11ª RODADA – GRUPO 7

Cabofriense 2 x 1 Bangu

Os primeiros 45 minutos foram equilibrados em Cabo Frio. Dessa forma, a Cabofriense começou melhor a partida e abriu o placar logo aos três minutos com Sillas, que recebeu na medida o cruzamento de Natan e estufou as redes. Logo depois, o Bangu saiu mais para o jogo e conseguiu criar boas oportunidades de gol e obrigou o goleiro George a fazer três defesas difíceis.

Já na etapa final, os visitantes voltaram pressionando em busca do empate. Porém, a equipe perdeu o zagueiro Michel, que foi expulso após levar o segundo amarelo. Mesmo assim, o Banguzão continuou em cima e conseguiu deixar tudo igual em cobrança de pênalti de Lessa. Assim, o clássico carioca ficou aberto, com chances para os dois lados. Entretanto, nos acréscimos, Juninho chutou de longe, e Mateus Inácio fez ótima defesa, mas a bola sobrou nos pés de Coutinho, que apenas teve o trabalho de mandar para as redes e decretar a vitória dos donos da casa.

Nacional-PR 0 x 5 Portuguesa-RJ

Já no Paraná, a Portuguesa-RJ dominou o jogo do início ao fim. Dessa forma, a equipe pressionou o adversário e conseguiu sair na frente do marcador aos 25 minutos com Muniz, que aproveitou o bate e rebate na área e não perdoou. Ainda na primeira etapa, os cariocas fizeram mais dois gols com Chay e Adriano. No segundo tempo, os mandantes esbanjaram uma reação com um chute na trave, mas logo tomou o quarto gol do camisa 9 da equipe Rubro-verde. Por fim, o centroavante da Lusa apareceu de novo e deixou o terceiro dele no jogo para fechar a goleada fora de casa dos cariocas.

Ferroviária 5 x 1 Toledo-PR

Já na Fonte Luminosa,  a Ferroviária começou avassaladora e abriu o placar logo no primeiro minuto. Assim, Lucas Mendes cruzou na área, e o zagueiro Lucas Coutinho acabou marcando contra. Em seguida, Fellipe Mateus tocou para Branquinho, que cruzou na medida para Tiago Marques fazer o segundo. No fim da primeira etapa, o atacante fez mais um após rebote do goleiro Diego.

No segundo tempo, a Ferrinha voltou pressionando em busca de ampliar a vantagem. Aos sete, Pio levantou para Tiago se antecipar e marcar o seu terceiro na partida. Logo depois, o camisa 9 dos mandantes aproveitou rebote do arqueiro dos visitantes e fez mais um, seu terceiro na partida. Posteriormente, Dudu Vieira invadiu a área e bateu cruzado para fazer o quinto para a Ferroviária. Já nos acréscimos, Felipe Recife, de pênalti, descontou para o Toledo-PR.

Mirassol 5 x 2 FC Cascavel

A partida começou equilibrada, com os dois times buscando o jogo e com oportunidades de gol.  Entretanto, o primeiro do duelo só aconteceu aos 35´, Eduardo achou Vinicius na diagonal, e o atacante bateu cruzado para deixar o Mirassol em vantagem no interior paulista. Assim, mesmo com as chances criadas pelas duas equipes, a primeira etapa acabou 1 x 0 para os paulistas.

Nos 45 minutos finais, o confronto ficou aberto e com chuvas de gols. Aos dois, após cobrança de escanteio, Patrick subiu para testar firme  e fazer o segundo. Quando o Cascavel emboçava uma reação, acabou levando o terceiro com Cassinho, que aproveitou falha da zaga do Aurinegro e bateu na saída do goleiro. Em seguida, o meia da equipe paulista recebeu na área e pegou de primeira para ampliar. Logo depois, em cobrança de falta, Willian, de cabeça, diminuiu para os visitantes. Aos 35´, Gustavo Henrique aproveitou bola levantada na área e deu um leve desviou para marcar o quinto. Já nos minutos finais, Júnior Prego recebeu passe e bateu no cantinho para dar números finais ao confronto.

Foto destaque: Tiago Pavini/AFE

Matheus Vinicius
A minha paixão pelo futebol me levou ao jornalismo. Já atuei em Assessoria de Imprensa e atualmente trabalho com marketing de conteúdo. Tenho o objetivo de trabalhar diretamente com o futebol. Com 23 anos tenho muita coisa para aprender ainda e tenho certeza que aqui no Futebol na Veia irei crescer muito.

Artigos Relacionados