galo

Em suma, o Galo Mineiro está prestes a bater mais uma marca na temporada, que só conseguiu por duas vezes em sua história. Decerto, se passar pelo Bahia, no confronto desta quarta-feira (4), pela Copa do Brasil, o time iguala campanhas de 2000 e 2016.

Portanto, a marca é chegar às quartas de final das duas competições (Copa do Brasil e Libertadores) ao mesmo tempo. Como nos dois anos citados acima, o time conseguiria chegar nas fases finais com grandes chances de vencer. Além disso, o time está vivo no Brasileirão, onde ocupa a 2ª colocação, somente a um ponto do líder, Palmeiras.

No ano de 2000, o Galo parou nas semifinais da Copa do Brasil, perdendo para o São Paulo. Na Libertadores, ficou nas quartas de final, saindo para o Corinthians. Já em 2016, o time chegou à final da copa brasileira, perdendo para o Grêmio. Já na Libertadores, foi eliminado, novamente, pelo São Paulo.

Decerto, nos anos em que foi campeão (Libertadores 2013 e Copa do Brasil 2014), o time ficou pelo caminho em uma das competições, e levando o foco exclusivamente para uma. Desta vez, o Atlético-MG montou um elenco para brigar por todas as competições. Para o jogo de quarta-feira (4), por exemplo, o time pode se dar ao luxo de poupar o atacante Hulk, e em seu lugar, jogar o chileno Vargas.

Foto destaque: Reprodução/Atlético-MG

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!