palmeiras

Em suma, aos 36 anos de idade, o meia Alejandro Guerra, ex Palmeiras, anunciou sua aposentadoria. Decerto, o venezuelano esteve no Verdão nos anos de 2017 e 2018.

Portanto, seu ponto alto na carreira foi com a camisa do Atlético Nacional, onde ganhou a Copa Libertadores. Lá, foi eleito o melhor jogador das Américas. No Verdão, chegou com expectativa de ser o principal jogador, mas não conseguiu jogar em alto nível em nenhuma temporada. Em 2019, foi emprestado para o Bahia, onde também não conseguiu ter muita sequência. Sua saída oficial do Palmeiras aconteceu em 2020, com 68 partidas e oito gols.

Decerto, na ocasião de sua compra, os valores chegaram na casa dos US$3,7 milhões (R$11 milhões na época). A patrocinadora Crefisa foi quem realizou o pagamento da compra do meia. Por isso, Guerra também é um do jogadores que estão na lista da dívida que o clube tem com a empresa. O time agora, tem de pagar todo o investimento feito em compra de atletas.

Guerra encerrou sua carreira atuando no Delfines del Este, da Republica Dominicana. Pela seleção da Venezuela, foram 65 jogos, com direito a quatro gols. No Palmeiras, o meia levantou a taça do Campeonato Brasileiro 2018.

Foto destaque: Reprodução/Palmeiras

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!