Náutico.

Neste final de semana, houve o complemento da 2ª rodada do Campeonato Pernambucano. Assim, no sábado, no Cornélio de Barros, em Salgueiro, o time da casa ficou no empate em 1 x 1 com Central, em partida movimentada onde os gols foram marcados na etapa inicial por Richard, de cabeça, e Leandro Costa. Já no Lacerdão, em Caruaru, Afogados atropelou Decisão por 4 x 0 por intermédio de Candinho, Aurélio, Douglas Bomba e Edvan. Por fim, em Petrolina, Náutico conseguiu, enfim, sua primeira vitória na temporada ao bater por 1 x 0 o time da casa através de Erick, que fez o primeiro gol na volta aos Aflitos.

Com os resultados, Afogados e Santa Cruz são os únicos com 100% de aproveitamento e a Coruja Sertaneja é a lider do estadual. No seus encalços, seguem Náutico, Retrô e Decisão, enquanto que o Sport completa o G6. Na zona do quadrangular do rebaixamento estão Salgueiro, Vitória-PE, Central e Petrolina. Assim, na próxima rodada, a Patativa visita o Leão, nesta terça-feira (28), às 20h (horário de Brasília). Enquanto que o Timbu recebe o Falcão do Agreste, na quarta-feira (29), às 21h30 (horário de Brasília). Já no final de semana, destaque para o duelo de tricolores entre a Cobra Coral e o Tamboquito, no domingo (2/2), às 16h (horário de Brasília).

https://twitter.com/nauticope/status/1221544915370496003

Dessa forma, você fica sabendo como foram as partidas que movimentaram Pernambuco nesse final de semana no vídeo abaixo. Além disso, pode acessar o canal do Futebol na Veia no YouTube. Assim, você fica por dentro de tudo que acontece no estadual e as participações dos times pernambucanos na Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro:

CAMPEONATO PERNAMBUCANO – PRIMEIRA FASE – 2ª RODADA

SALGUEIRO 1 x 1 CENTRAL

DECISÃO 0 x 4 AFOGADOS

PETROLINA 0 x 1 NÁUTICO

Foto Destaque: Reprodução / Caio Falcão / JCOnline 

Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 29 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

Artigos Relacionados