Goleiro Cássio

Nesta quarta-feira (12), o Atlético-MG recebeu o Corinthians, no Mineirão, em partida válida pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dessa forma, em jogo movimentado, o Timão abriu 2 x 0 no placar ainda no primeiro tempo. Mas, na segunda etapa, cedeu o empate e sofreu a virada, assim tendo tomado três gols em 15 minutos.

Ídolo do Timão, Cássio alcançou na última partida a marca de 470 partidas defendendo a meta corintiana, portanto, sagrando-se como o 10º jogador que mais defendeu o clube na história. Logo, apesar das grandes defesas realizadas, o goleiro corintiano também se tornou alvo de fortes críticas após falha no primeiro gol do Galo, em chute de Hyoran.

Decretada a derrota por 3 x 2 na estreia do Corinthians, Cássio falou em entrevista coletiva sobre a frustração do resultado. Além disso, ele se explicou a respeito do lance que resultou no primeiro gol do clube mineiro, marcado por Hyoran

“Eu não vi a bola. Só vi quando estava em cima de mim. Quando eu reagi, já peguei ela passando de mim, uma bola difícil. Procurei, procurei a bola e saltei. Quando tentei, infelizmente o desvio que dei na bola não foi capaz de tirar a bola da direção do gol”.

O capitão alvinegro falou sobre confiança ao dizer que se tratava apenas da 1ª rodada do Campeonato Brasileiro, que muita coisa ainda está por acontecer na competição, além de garantir que a equipe do Parque São Jorge irá brigar pelas primeiras posições.

“Primeira rodada, muita coisa pela frente, esse tipo de jogo como hoje nos dá aprendizado para crescer, viemos para buscar a vitória, temos que pensar pra frente. Nossa meta é deixar o Corinthians lá em cima, entre os primeiros. Não é porque perdemos uma partida que nossa confiança não está em alta”.

PRÓXIMO COMPROMISSO

A saber, já de volta a São Paulo, o Corinthians fará treinamentos visando o próximo compromisso no Campeonato Brasileiro. Desse modo, o Timão embarca na sexta-feira (14) para Porto Alegre, de olho na partida de sábado (15) contra o Grêmio, na Arena do Grêmio, às 19h (horário de Brasília), pela 3ª rodada do Brasileirão

Foto destaque: Reprodução/Luis Moura/Gazeta Press

Victor Parrini
Como amante de rádio, TV e esportes (principalmente o futebol), esses foram alguns dos motivos que me levaram a escolher o jornalismo para a minha vida. Como jornalista, quero ouvir e contar histórias, porque isso é o que nos move. Aqui exponho meu primeiro contato com a escrita esportiva.

Artigos Relacionados