Em entrevista concedida ao Jornal Correio, o meia-atacante do Bahia, Élber falou sobre a falta que sente da rotina de treinamentos e aproveitou para exaltar a infraestrutura do Centro de Treinamento Evaristo de Macedo. Aliás, o jogador vinha sendo destaque na equipe, tanto que em 10 partidas, ele balançou as redes por quatro vezes.

Um pouco antes da pandemia, eu tinha comentado em casa sobre o novo CT, a excelente estrutura que o Bahia oferece lá aumentava ainda mais o prazer de trabalhar. Eu sentia vontade de estar no CT e o clima entre nós durante os treinamentos também sempre foi muito leve, ambiente extrovertido. Estávamos em um momento muito bom, então, não tem como não sentir falta da nossa rotina”.

Élber além de estar ansioso para o retorno do futebol, existe um outro motivo que só aumenta a sua expectativa. Trata-se do seu contrato com o clube. No entanto, o camisa 7 deixa claro o desejo de renovar e permanecer no Esquadrão de Aço.

É o meu último ano de contrato e antes dessa situação do covid-19 o Bahia sinalizou o interesse em renovar. Da minha parte existe o mesmo interesse, estou bastante ambientado e feliz aqui. Acredito que quando as coisas voltarem ao normal, a diretoria deve retomar as conversas com meus representantes, então deixo por conta deles. Meu contrato é até dezembro e o meu foco total hoje é continuar a boa fase para junto com o Bahia ter um grande 2020”.

Entretanto, o futebol baiano ainda não tem uma data definida para o retorno, mas nessa semana o Bahia realizou testes de Covid-19 em todos os jogadores, comissão técnica e funcionários.

Foto Destaque: Felipe Oliveira/EC Bahia

Avatar
Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

Artigos Relacionados