Documentário “Don Diego – Carne, osso e coração” ganha exibição no Museu do Futebol

- Longa-metragem mostra bastidores inéditos do antes e depois do último jogo de Lugano pelo São Paulo
Filme sobre Luganos e São Paulo é pauta no Museu do Futebol (Foto: Divulgação / Museu do Futebol)

Nesta quinta-feira (16), em edição especial, a coluna Futlix recomenda mais uma sessão de cinema esportivo. O Cinema na Rede deste sábado (18) exibe, às 21h30 (horário de Brasília), o documentário Don Diego – Carne, osso e coração no Facebook e Youtube do Museu do Futebol e dos parceiros. Mas, o programa começa um pouco antes, às 20h30 (horário de Brasília), também pelas redes sociais, haverá um bate-papo descontraído sobre a relação do São Paulo FC com os jogadores uruguaios. Participam os jornalistas Matias Pinto, da Central 3, Bruno Rodrigues, da Folha de S. Paulo, e Paulo Favero, do O Estado de S. Paulo.

Assim, o programa Cinema na Rede é realizado em parceria com o CINEfoot e tem apoio nesta exibição da Federação Paulista de Futebol, Acervo da Bola e São Paulo FC. Dessa forma, o Museu do Futebol é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

Leia mais:

Museu do Futebol realiza mesa redonda sobre a contribuição do Uruguai na história do São Paulo (Foto: Divulgação / Museu do Futebol)
Museu do Futebol realiza mesa redonda sobre a contribuição do Uruguai na história do São Paulo (Foto: Divulgação / Museu do Futebol)

Don Diego – Carne, osso e coração, dos diretores Adriano Esteves, Guilherme Palenzuela e Luciano Chuquer, traz uma abordagem sensível e diferente sobre o último ano da carreira de um dos maiores ídolos recentes da história do Tricolor. A produção mostra imagens exclusivas de Diego Lugano no São Paulo em 2017. Logo, traz as emoções nos bastidores antes e depois de seu último jogo pelo clube, contra o Bahia, no Morumbi, na última rodada do Brasileirão.

Dessa forma, o documentário também conta com depoimentos exclusivos de companheiros, comissão técnica, diretoria e uma entrevista emocionante com o uruguaio. Assim, a obra ajuda a explicar a relação visceral com o clube a ponto de ele continuar sendo parte do São Paulo como Superintendente de Relações Institucionais.

A exibição de Don Diego – Carne, osso e coração faz parte do programa Cinema na Rede. Além disso, também está inserida na campanha #CulturaEmCasa, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Assim, a iniciativa proporciona alternativas de lazer para a população durante o período de distanciamento social em vigor para o combate ao coronavírus.

MUSEU DO FUTEBOL

Assim, o Museu do Futebol é uma iniciativa do Governo e da Prefeitura de São Paulo, com concepção e realização da Fundação Roberto Marinho. Logo, pertence à rede de museus da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e é gerido pelo IDBrasil, Organização Social de Cultura.

A saber, o Museu do Futebol está instalado em uma área de 6,9 mil metros quadrados sob as arquibancadas do Estádio do Pacaembu. É um espaço interativo, lúdico e multimídia, no qual a história do esporte mais popular do Brasil se confunde com a própria história do país.

Foto Destaque: Divulgação / Museu do Futebol

BetWarrior


Poliesportiva


Ricardo do Amaral
Ricardo do Amaral
"Alvíssaras! Sou Ricardo Accioly Filho, pernambucano de 27 anos, advogado e estudante de jornalismo pela Uninassau. Tenho como mote que “no futebol, nunca serão apenas 11 contra 11”; é arte, é espetáculo, humanismo, tem poder de mover multidões e permitir ascensões sociais. Como paixão nacional do brasileiro, o futebol me acompanha desde cedo, entretanto como nunca tive habilidade para praticá-lo, busquei associar duas vertentes de minha vida: o prazer pela leitura e o esporte bretão. Foi nesse diapasão que encontrei no jornalismo esportivo o elo de ligação que me leva a difundir e informar o que, nas palavras de Steven Spielberg, é o “mais belo espetáculo de imagens que já vi”."

    Artigos Relacionados

    Topo