Palmeiras

Se depender de Moisés, Palmeiras terá um bom jogador de poker por muito tempo

Em dezembro de 2015, Moisés (que estava na Croácia) assinou com o Palmeiras por quatro temporadas. A vinda para o Verdão trouxe uma mudança drástica na vida e na carreira do meio-campista.

Nos mais de três anos com o time, ele já venceu dois campeonatos brasileiros, uma Bola de Prata (2016) e um prêmio Craque do Brasileirão (2016). Além do sucesso nos campos, o belo-horizontino pôde mais uma vez morar na cidade que é a mais importante do poker no país.

Em São Paulo, não faltam torneios amadores ou profissionais para jogar e Moisés retomou essa velha paixão com estilo. Ele aprendeu o poker de maneira recreativa ao jogar socialmente com os amigos e já passou da fase iniciante e básica desse esporte há tempos.

Hoje em dia o craque compete em pé de igualdade contra profissionais que vivem do jogo de poker e o meio-campista até mesmo cogita se dedicar integralmente a essa modalidade após pendurar as chuteiras.

“Quem sabe, no futuro, quando eu parar de jogar… Pode ser uma coisa em que eu possa engrenar. Gosto dessa adrenalina, da forma que se joga pôquer. Como profissional, são muitas viagens também. Você pode viajar, conhecer outros países tendo o poker como profissão”, Moisés afirmou em entrevista ao site Globoesporte.

Participações em grandes torneios de poker

Atual campeão brasileiro com o Palmeiras, Moisés não é um simples jogador recreacional que vê o poker como lazer nos fins de semana. Ele encara torneios profissionais de grande nível, como o Campeonato Paulista de Poker e o Campeonato Brasileiro de Poker (BSOP).

As primeiras participações de Moisés no BSOP aconteceram em 2016, quando ele aproveitava as etapas em São Paulo para competir contra os profissionais e atuava com frequência contra ex-companheiros de Palmeiras como Victor Hugo, Cleiton Xavier, Alecsandro e outros. Desde então, ele já conseguiu alguns resultados expressivos.

“Procuro ter essa aproximação de alguns profissionais, pegar algumas aulas com eles. Já peguei com o Mojave, agora com o Bruno, e assim vai. Nessa caminhada você vai evoluindo, ganhando prática, aprendendo situações. Ainda não tive tempo de parar para ler, mas fico vendo vídeos na internet. Jogo online, vou participando de torneios, ganhando bagagem”, completa o meio-campista.

O último bom resultado de Moisés nas mesas aconteceu em março durante uma das principais etapas do BSOP. Realizado em São Paulo entre os dias 21 a 26, ele ficou com a segunda colocação de um torneio paralelo ao principal que contou com a participação de 143 jogadores. Na ocasião, o jogador do Palmeiras levou prêmio de R$ 10 mil para casa.

O campeão desse evento foi Guilherme Silveira, são-paulino que brincou com o jogador do time rival após o título: “Ele (Moisés) é um cara muito gente boa, foi muito educado com todos na mesa. Ultimamente, ele está batendo no meu time, que bom que consegui descontar um pouco no poker (risos).

Já em novembro do ano passado, Moisés brilhou mais uma vez, só que no Campeonato Paulista de Poker. Em um evento que contou com a participação de mais de 90 competidores, sendo a maioria deles profissionais, o jogador do alviverde ficou em segundo com direito a um respeitável prêmio de R$ 35 mil.

“Para mim é como se fosse campeão, uma emoção muito grande. Foi a primeira vez que vim jogar o CPH, custa ter uma agenda que dá para gente conciliar e se divertir, mas consegui vir, brincar e ainda levar o troféu, então me sinto como se tivesse sido o campeão em meio a tantas estrelas do poker”, disse o atleta após a competição.

O meio-campista é presença frequente no H2 Poker Club, clube fundado em 2006 que é um dos mais antigos do Brasil em funcionamento. Em algumas ocasiões, ele já jogou com Lucas Lima e o atacante Neymar.

Moisés também é adepto do home game de poker

No mundo do poker, é comum os fãs desse esporte da mente reunir os amigos para praticar essa modalidade em casa. Dessa maneira, é uma ótima oportunidade para colocar a conversa em dia e ainda jogar poker, prática que é chamada de home game de poker.

Moisés já divulgou em suas redes sociais que em algumas oportunidades chama os amigos para o poker em casa. Em abril do ano passado, o meio-campista realizou um home game de poker com a presença de alguns outros futebolistas que adoram esse esporte, como Neymar e Lucas Lima.

“Reunir amigos, dar risadas e ainda jogar um poker, assim foi a noite de ontem. Obrigado a todos!”, postou o jogador no Instagram.

Futuro nos campos parece continuar no Palmeiras

Moisés tem a possibilidade de se tornar um profissional do poker após pendurar as chuteiras, mas enquanto isso não acontece o jogador deve continuar no Palmeiras. Com mais de 120 partidas com a camisa do alviverde, esse número deve aumentar de maneira considerável nos próximos anos.

Torcida Palmeiras
Para a fiel torcida do Palmeiras, Moisés é um dos principais ídolos da atual geração

Em 2018, o Pyramids FC, do Egito, mostrou interesse nos serviços do meio-campista e realizou uma oferta. No entanto, o Palmeiras refutou qualquer chance do atleta sair do time e estendeu o seu contrato até dezembro de 2021 (quando terá 33 anos).

Com a renovação de contrato, Moisés também recebeu um aumento salarial para continuar na equipe. Apesar de não ser um titular frequente no Palmeiras de Felipão, o veterano segue como uma peça importante na rotação do elenco.

Dono de uma trajetória já marcante no Palmeiras, se Moisés cumprir o seu contrato até o fim ele conseguirá o raro feito de permanecer cinco anos em um mesmo time brasileiro. Além disso, com suas já conhecidas qualidades de ética de trabalho, esforço e profissionalismo, não será surpresa se ele também se tornar um competidor de poker de destaque após o fim da carreira no futebol.

Redação FNV
Um site destinado ao esporte que corre na veia da maioria dos brasileiros: O futebol! No nosso site você encontra tudo sobre o futebol, tanto nacional, quanto internacional, além de poder acompanhar nossos palpites e análises para os jogos da semana e as belas musas

Artigos Relacionados