Cuiabá x São Paulo

Nesta segunda-feira (11), Cuiabá x São Paulo se enfrentaram pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim, o jogo terminou com um empate sem gols. Dessa forma, o resultado foi ruim para ambos os lados. Portanto, os destaques ficaram para as defesas. Aliás, Tiago Volpi fez grandes defesas e impediu uma derrota do Tricolor Paulista.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE CUIABÁ X SÃO PAULO

1° TEMPO: FALTOU PONTARIA!

A princípio, as equipes tiveram um início de jogo bem interessante. Afinal, os times insistiam em ficar no ataque. Assim, ficou claro que a intenção de ambos era pressionar o adversário no campo de defesa. Contudo, por mais que algumas chances foram criadas, faltou melhorar a pontaria. Além disso, para o São Paulo o saldo foi negativo. Já que Rigoni teve que ser substituído, pois teve uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda.

2° TEMPO: DEFESAS SE SOBRESSAÍRAM

A etapa final foi muito parecida com o 1° tempo. Afinal, os times seguiram chegando bem ao ataque, mas não conseguiram converter as chances em gols. Entretanto, o Cuiabá gerou mais perigo na partida e esteve mais próximo da vitória. Inclusive, se não fosse o goleiro Tiago Volpi, o São Paulo teria perdido. Além disso, o jogo ficou marcado pela alta de criatividade do meio-campo de ambas as equipes.

CUIABÁ X SÃO PAULO – E AGORA?

Por fim, o resultado ficou amargo para as dois lados. Afinal, ambos ficam estagnados no meio da tabela do Campeonato Brasileiro. Agora, o São Paulo vai receber o Ceará. Assim, Crespo terá que ter criatividade para fazer o time se recuperar na competição. Inclusive, o Tricolor Paulista chega ao 5° empate seguido. Em contrapartida, o Cuiabá vai enfrentar o Sport, que vive uma boa sequência no Brasileirão.

Foto Destaque: Divulgação/Cuiabá

Isaac Rufino
Tenho 19 anos e sou estudante de Jornalismo pela FMU, em São Paulo. Sou apaixonado por Jornalismo e todas as suas áreas, porém a minha preferência sempre foi na área esportiva. Meu primeiro objetivo é ganhar experiência na área, buscar conhecimento e aprender com os melhores, por isso estou aqui. Entretanto, ao falar sobre objetivos futuros, tenho certeza de que a minha maior meta é fazer a cobertura de uma Copa do Mundo. Me considero um cara exigente, obstinado e não me contento em ser apenas mais um. Estou aqui para mostrar a minha capacidade e galgar degraus dentro do Jornalismo.