Cruzeiro

Nesta última segunda-feira (3), o conselho deliberativo do Cruzeiro fez uma reunião no parque esportivo do Barro Preto. A princípio, o objetivo era uma votação que definiria ou não a venda da Sede Campestre II, como forma de pagamento com a FIFA. Vale ressaltar que uma das principais é a transferência do volante Denílson, gerada em cerca de 5 milhões. Dessa forma, a Raposa receberá como punição menos seis pontos no Campeonato Brasileiro e ainda poderá rebaixar a equipe para a Série C.

Primeiramente levando em conta os momentos atuais, o presidente do time mineiro, Sérgio Santos Rodrigues, havia anunciado que teria cabines de desinfecção, além de todos estarem devidamente utilizando máscaras e respeitando o distanciamento social. Como forma de transparência, a reunião foi transmitida ao vivo no Youtube, através do canal do time. Assim, torcedores ficaram sabendo de tudo que se foi falado e tudo sobre o momento que o time está passando.

“Diante da dívida que o Cruzeiro ainda tem com o Al Wahda, queremos trazer para o Conselho Deliberativo esta intenção da venda deste imóvel que o clube possui, que não tem utilidade social, que é a Campestre II. Esta é uma área que não é explorada diretamente pelo clube, é um estacionamento terceirizado e que inclusive é deficitário. Esperamos contar com o apoio dos conselheiros”, finalizou o presidente.

PÓS REUNIÃO

Antecipadamente, após a reunião, o Conselho Deliberativo do Cruzeiro atendeu o pedido da presidência e aprovou a venda por unanimidade. O espaço se localiza na cidade de Pampulha e é utilizada como estacionamento. Segundo o presidente, o local pode valer entre 13 a 15 milhões. Em suma, o espaço conta com  9,5 mil metros quadrados, sendo 6,2 mil metros quadrados de construções, como salão de festas, cozinha, depósitos, vestiários, entre outros.

https://twitter.com/Cruzeiro/status/1290428715072131073?s=20

Foto Destaque: Reprodução/Bruno Haddad/Cruzeiro

Avatar
Thiago Lopes Barboza
Escolhi o jornalismo porque me identifiquei com a amplitude de áreas que podemos trabalhar, além de formar opiniões e transmitir informações com clareza e coerência, sou extremamente apaixonado pelo jornalismo esportivo, fotografia, produção/audiovisual/videomaker, fazer reportagem, matérias entre outros... já fui editor de vídeo pra internet, recebi um certificado de melhor projeto profissional acadêmico de 2020 e pretendo fazer do jornalismo cada vez mais presente em minha vida.

Artigos Relacionados