Corinthians x Santos como aconteceu – Resultado, destaques e reação

Na noite desta quarta-feira (22), o duelo Corinthians x Santos aconteceu pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Dessa forma, o Timão goleou o Peixe na Neo Química Arena por 4 x 0. A saber, os gols corintianos saíram dos pés de Giuliano (duas vezes), Mantuan e Raul Gustavo. Portanto, a classificação do SCCP para as quartas está encaminhada.

Assista aos melhores momentos de Corinthians x Santos

1º tempo: Corinthians massacra

Com a Neo Química Arena lotada, o Corinthians partiu para cima do Santos. Assim, logo aos 20′, Gustavo Mantuan recebeu cruzamento de Lucas Piton e bateu no canto direito do goleiro para fazer 1 x 0. Em seguida, aos 28′, o Timão ampliou para 2 x 0 com Giuliano. A saber, depois de cruzamento de Fágner, Du Queiroz desviou e a bola esbarrou no meia e foi para o gol.

Em suma, o Santos desanimou na partida e o Corinthians partiu ainda mais para cima. Assim, aos 43′ o Timão chegou ao 3 x 0 com o zagueiro Raúl Gustavo. A saber, o defensor subiu mais alto que todo mundo em escanteio para desviar no cantinho do goleiro do Peixe. E assim ficou o 1° tempo Corinthians x Santos.

2º tempo: confusão e o Corinthians amplia

O Corinthians voltou do intervalo ainda mais insinuante. A saber, com os 3 x 0 na frente, o Timão tinha seu torcedor em êxtase na Neo Química Arena. Assim, o Timão continuou atacando muito. Em uma jogada de saída de bola, Vinícius Zanocelo perdeu a cabeça e deu uma cotovelada na face de Lucas Piton. Dessa forma, o juiz aplicou o cartão vermelho e o tirou da partida.

Com um a menos, o Santos se fechou ainda mais. Dessa forma, o Corinthians chegou ao 4 x 0, para fechar a conta, com mais um gol do Giuliano.

 

Corinthians x Santos – E agora?

Com a goleada histórica, que marcou a primeira vitória do técnico Vitor Pereira em clássicos, o Corinthians vai para o jogo da volta com larga vantagem. Aliás, é muito difícil que o Santos consiga fazer 5 x 0 para se classificar.

Foto destaque: Divulgação / SCCP

Caian Oliveira
Minha paixão sempre foi o futebol. Mas, nunca sonhei em ser jogador. Não, meu sonho de moleque era levar o futebol às pessoas através da Comunicação. E aqui estou, realizando meu sonho.

Deixe um comentário