Os maiores campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior

A 52ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior está chegando para abrir a temporada 2022 do futebol brasileiro.  De 2 a 25 de janeiro os principais times sub-20 do Brasil estarão na disputa de um dos troféus mais cobiçado das categorias de base do país. Depois de não ter sua edição em 2021, devido a pandemia da Covid-19, a Copinha estará de volta ao calendário nacional.

Ao todo serão 128 equipes na disputa do torneio. Assim, os times serão distribuídos em 32 grupos para o desdobramento do chaveamento da competição. Por fim, o Futebol na Veia irá relembrar o top-3 dos maiores campeões da Copinha, com destaque para as bases mais vitoriosas do nosso futebol.

OS MAIORES CAMPEÕES DA COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR

1º lugar: Corinthians – 10 títulos

O Corinthians é o maior campeão da Copinha. Com dez títulos, o clube do Parque São Jorge é uma das principais forças na competição. Além disso, é um dos clubes responsáveis pela revelação de grandes talentos para o futebol brasileiro. No total, foram dez troféus em 18 finais disputadas.

Assim, o primeiro título do time aconteceu em 1969, na primeira edição do torneio, quando venceu o Nacional-SP por 1 x 0. Na sequência veio o mais um campeonato para conta. Em 1970, o Timão venceu o Palmeiras, por 4 x 2, e se sagrou bicampeão da Copinha. Decerto, a equipe voltou a conquistar o título em 1995, o terceiro, em final disputada contra a Ponte Preta, em decisão na prorrogação, após empate de 2 x 2 no tempo normal. Assim, o time fez 3 x 2 e saiu com o troféu.

Ademais, em 1999, venceu o Vasco no Pacaembu, por 1 x 0, levando o quatro título para o Parque São Jorge.  Logo depois, os meninos do Terrão conquistaram o bicampeonato consecutivo, sendo mais dois troféus para a casa. Em 2004 e 2005 venceram, respectivamente, São Paulo e Nacional-SP, sendo, no total, seis títulos da competição.

O Corinthians finaliza os seus dez títulos com mais quatro nos últimos anos. A princípio, em 2009, o time venceu o Athletico Paranaense, pro 2 x 1. Depois disso, o time venceu o Fluminense, em 2012, Botafogo-SP, em 2015, e Batatais, em 2017. Entre alguns destaques revelados pelo clube está Marquinhos, zagueiro que vive seu auge no Paris Saint Germain, e Willian, que na atual temporada retornou para o clube.

2º lugar: Fluminense e Internacional – 5 títulos

Na segunda colocação dos maiores campeões da Copinha estão empatados Fluminense e Internacional. Tanto o Tricolor das Laranjeiras quanto o Gigante do Beira-Rio já conquistaram a mesma quantidade de títulos, sendo o último o atual vencedor da Copa São Paulo, em final contra o Grêmio.

A princípio, o Fluminense tem cinco títulos em sete finais disputadas.  Assim, o seu último triunfo na competição aconteceu em 1989, quando derrotou o Juventus-SP, em 1 x 0 na grande decisão. Antes disso, iniciou sua saga em 1971, com vitória sobre o Botafogo, nas penalidades, após empate tanto no tempo normal (3 x 3), quanto na prorrogação (1 x 1). Na sequência, venceu o Corinthians, em 1973, por 2  x 0.

Os outros dois títulos do Tricolor das Laranjeiras foram sobre a Ponte Preta, em vitória por 2 x 1, e 2 x 0. Assim, foram respectivamente em 1977 e 1986. Entre as grandes revelações do clube estão Marcelo, Gerson e Thiago Silva.

Por outro lado, o Internacional é o atual vencedor da Copinha, quando derrotou o seu maior rival na decisão de 2020 (em 2021, a edição foi cancelada devido a pandemia da Covid-19). Assim, o Colorado venceu nos pênaltis por 3 x 1, após empate com a bola rolando. Desse modo, o primeiro título aconteceu em 1974 quando venceu a Portuguesa na prorrogação, após empate no tempo normal.

Além desses, o clube gaúcho conquistou o troféu em 1978, 1980 e 1998. Ademais, os triunfos foram na decisão contra Corinthians, Atlético Mineiro e Ponte Preta. Entre as principais revelações do clube na competição estão: Paulo Roberto Falcão e Lúcio.

Por fim, o Internacional tem cinco títulos em seis finais.

 3º lugar: Flamengo e São Paulo – 4 títulos

Assim como na posição anterior, Flamengo e São Paulo estão com a mesma quantidade de títulos da competição. Com direito a uma final entre as duas equipes, vencida pelo Rubro-negro em 2019, ambas as equipes participaram de seis e onze finais, respectivamente.

Primeiramente, o Flamengo venceu quatro títulos ao longo de sua participação na Copinha. Assim, o Mengão iniciou sua trajetória com conquistas em 1990, quando bateu o Juventus-SP por 1 x 0 na grande decisão. Na sequência, voltou a ser campeão em 2011, frente ao Bahia na final, em vitória por 2 x 1. Por fim, os últimos dois títulos foram contra Corinthians, 4 x 3 nos pênaltis, e São Paulo, 1 x 0.

Entre as revelações do Rubro-Negro estão Djalminha e Vinícius Júnior.

Já o São Paulo é o segundo time com maior participação em finais da Copa São Paulo de Futebol Júnior com 11. Porém, venceu apenas em quatro. Assim, o primeiro título veio em 1993, contra o rival Corinthians, em vitória por 4 x 3. Na sequência, venceu em 2000 Juventus-SP, por 2 x 1, o Santos em 2010 nos pênaltis e o Vasco, também nas penalidades, em 2019.

Por fim, entre os nomes que o São Paulo revelou na Copinha estão Rogério Ceni e Kaká.

Copa São Paulo de Futebol Júnior: Quando começa?

Por fim, a competição inicia no dia 2 de janeiro de 2022 tendo sua final no dia 25 do mesmo mês, dia do aniversário da cidade de São Paulo.

Foto destaque: Divulgação/Copinha

Victor Castro