Com Hat-trick, Willian Bigode cresce no Palmeiras

O atacante que chegou ao Palmeiras em 2017, veio do Cruzeiro, para compor a frente de ataque do time. Willian chegou por meio de um empréstimo envolvendo o meia Robinho, entretanto, ambos tiveram seus contratos assinados como definitivos no mesmo ano.

Desde que chegou ao clube, se tornou fundamental no ataque. Foi muito importante na conquista do Campeonato Brasileiro de 2018, além de ajudar nas campanhas de 2017 e 2019. Com o Palmeiras, Willian conquistou dois títulos: O Brasileiro (2018) e a Flórida Cup (2020). No entanto, sua carreira soma muito mais taças: ao todo, são sete títulos nas quatro equipes em que passou.

Além disso, com o hat-trick da última quarta-feira (29), Willian entra em um seleto grupo alviverde: ao lado de Dudu (68 gols) e Vagner Love (54), Bigode se torna o 3º maior goleador do século XXI, usando a camisa do clube, feito que é para poucos.

Willian: campeão em 2018

A conquista do Campeonato Brasileiro 2018 foi um marco importante para o Palmeiras. Além de ser a 10ª taça do clube, na competição, marcou o primeiro título de Maurício Galiotte na presidência.

Na campanha da 62ª edição da competição, o Palmeiras somou 80 dos 114 pontos disputados, além da excelente sequência de vitórias do Verdão, que ganhou 23 vezes, empatou 11 e perdeu apenas quatro.

Nessa campanha, Willian Bigode marcou 10 gols e foi um dos cinco artilheiros do campeonato. O atacante participou de 32, das 38 partidas do campeonato e deu cinco assistências para os companheiros.

Fundamental no ataque palmeirense, Willian se machucou no jogo que deu o título ao Palmeiras.  A lesão aconteceu em novembro, em uma jogada que originou o gol do Deyverson, diante do Vasco, e foi diagnosticado como uma entrose no joelho esquerdo. Com esse diagnóstico, o atacante ficaria de seis a nove meses longe dos gramados, desfalcando, assim, o Palmeiras que precisaria buscar um substituto para Bigode.

Brasileiro 2019

Após a lesão, Willian precisava se recuperar. Foram sete meses de recuperação física para que o camisa 29 pudesse voltar a ocupar a titularidade dentro dos gramados. A boa notícia para os Palmeirenses aconteceu dois meses antes do previsto pelo Departamento Médico.

O afastamento dos gramados rendeu à Willian uma queda em seu rendimento. Dos 32 jogos disputados no ano anterior, na temporada atual o atacante participou de apenas 22, marcando apenas quatro gols na temporada.

O ano de 2019 não foi dos melhores para Bigode, que sofreu com a falta de ritmo e com a inconstância nas partidas. Mas era um processo natural e necessário. Agora em 2020, focado no futuro, e com a confiança do Professor Vanderlei Luxemburgo, Willian deve disputar posição com Luiz Adriano.

No entanto, na temporada atual, o camisa 29 já se igualou à marca do ano passado marcando quatro gols, sendo três deles em um hat-trick, em sua noite inspirada, atuando como camisa 9. Resta saber como Luxemburgo vai compor a equipe, mas é certo, que Willian deve ser uma peça fundamental no ataque alviverde.

Foto Destaque: Divulgação/Palmeiras

Valéria Contado

Valéria Contado

Eu sou a Val Contado, finalmente jornalista (uhul!), apaixonada por futebol há 24 anos, desde quando meu pai colocou em mim o uniforme do nosso time do coração. Adepta da arte da resenha, falar e respirar futebol é o que eu mais gosto de fazer.