Nilmar

O gol feito sobre o Corinthians jogando pelo Internacional em 2009 é, sem dúvidas, um dos gols mais bonitos do futebol brasileiro. O autor desse obra-prima é Nilmar, ídolo colorado, e também da própria vítima, o Timão. De fato, esses golaços eram características do atacante. Entretanto, não foi só os belos gols que marcaram sua carreira, a história de superação sobre as graves lesões e o quadro e depressão, também credenciam o jogador como um grande ídolo e exemplo. Portanto, a Coluna Parabéns ao Craque dessa semana é em homenagem a Nilmar.

A CARREIRA

Revelação do Internacional, Nilmar despontou rapidamente no cenário nacional. Desse modo, após dois anos no time gaúcho, partiu para uma experiência na França para defender o Lyon. No entanto, sua passagem por lá não foi tão boa. Portanto, seria a hora de retornar ao Brasil e então se consagrar como campeão brasileiro pelo Corinthians em 2005, de forma incontestável, formando um ataque mortal com Tévez. A essa altura já tinha conquistado o coração da fiel torcida.

Posteriormente,voltou ao Colorado em 2007. Por lá conquistou mais dois Campeonatos Gaúcho e uma Copa Sul-Americana, com direito ao gol do título, no Beira-Rio sobre o Estudiantes. Sua ascensão o levou para a Espanha, mais precisamente ao Villarreal. Dessa maneira, Nilmar continuou a desempenhar um futebol de primeira linha pelos Submarinos Amarelos. A fase era tão boa, que em 2010 Dunga convocou o atleta para disputar a Copa do Mundo na África do Sul.

https://twitter.com/mbertoncello_/status/1279888123539992576?s=20

Em suma, se transferiu para o Catar, e após voltou para sua 3ª passagem no Internacional. Por fim, decidiu ir para os Emirados Árabes, e depois de um ano no pais, mais uma vez retornava ao solo brasileiro, desta vez para defender o Santos. Contudo, com apenas dois jogos pelo Peixe, até que decidiu encerrar a carreira até o momento.

O PIOR ADVERSÁRIO

De fato, a carreira de Nilmar foi brilhante. O jogador se tornou ídolo por onde passou, e principalmente de duas das maiores torcidas do Brasil. No entanto, quem pensa que sua trajetória foi feita apenas de glórias está enganado. Dessa forma, em seu auge pelo Corinthians teve uma grave lesão no joelho contra o Palmeiras. Depois de cirurgia e uma longa recuperação, em seu 4º jogo de volta, novamente no Morumbi, contra o mesmo rival, a mesma lesão, agora no outro joelho.

Entretanto, quem pensa que as graves lesões foram a batalha mais difícil do craque, está errado. Em 2017, portanto, ao voltar para o Brasil, rumo ao Santos, descobriu um quadro de depressão, e desse modo, em apenas dois jogos pelo clube rompeu o contrato, para se cuidar, e hoje estar bem.

UM EXEMPLO, UM ÍDOLO! PARABÉNS, NILMAR!

Contudo, hoje Nilmar pode se dizer curado da depressão. Em contrapartida, nenhum dos quadros e batalhas enfrentadas pelo jogador modifica a sua excepcional carreira. É idolatrado por duas gigantes torcidas no Brasil e uma na Espanha. Por outro lado, como pessoa é exemplo de superação, garra e vontade de vencer. Mesmo após duas lesões nos dois joelhos se levantou e marcou um gol que fazia o Inter campeão da Sul-Americana.

Seja dentro ou fora de campo Nilmar se tornou referência, multi-campeão, autor de golaços históricos e jamais será esquecido. Outrora, revelou que um dos motivos da depressão foi o medo de uma nova lesão, pois já era rotulado por alguns como frágil. No entanto, tudo o que o aniversariante do dia não é, é frágil. Vencer uma sequência de lesões, enfrentar um quadro depressivo e mesmo assim ser a pessoa e jogador consagrado e vitorioso que é não o tornam frágil, Nilmar, o tornaram um ídolo. Parabéns.

Foto Destaque: Reprodução/Reuters

Lucas Ribeiro
O jornalismo foi algo algo que aconteceu. Sou um amante de esportes nato, de todos os esportes, isso é o que me faz feliz e nisso que quero seguir. Entre estádios e ginásios, trabalhar com esportes virou minha prioridade. Trago uma vontade de aprender e crescer enorme, esse é o meu objetivo, trabalhar com minha paixão, conheceres lugares e pessoas através disso.

Artigos Relacionados