Choro de emoção e inspiração em Cafu: Gabriel Menino fala sobre convocação para seleção

- Maior surpresa de Tite na lista para as eliminatórias, o jovem atleta, que foi chamado para lateral-direita, disse que se precisar joga até no gol
Gabriel Menino treino Palmeiras

Entre as novidades da convocação de Tite nesta última sexta-feira (18), nenhuma chamou tanta atenção quando Gabriel Menino. O polivalente atleta, que é titular do meio-campo do Palmeiras, no entanto foi chamado para lateral-direita, função que também desempenha no time de Luxemburgo. A surpresa foi tamanha, que nem o próprio jogador esperava:

“Eu estava almoçando com a minha mãe, meu empresário me ligou e me deu parabéns. Eu falei: ‘De novo você está me dando parabéns?' Achei que era pelo meu gol. Ele falou que eu ia vestir a Amarelinha. Eu falei: ‘Amarelinha?' Ele me mandou vídeo. Eu me emocionei, fui para meu quarto. Minha mãe também se emocionou, a gente chorou juntos”

Contudo seleção não é exatamente uma novidade para o jovem jogador, que conta com passagem pelas de base. Além disso, a própria posição de lateral-direito não é algo recente na carreira de Gabriel Menino, pois ele começou na posição no juvenil e depois foi deslocado para o meio. Mas para ele, a posição é o que menos importa, desde que possa mostrar seu futebol para o treinador brasileiro:

“Eu me sinto bem onde o professor me colocar, de lateral ou de volante. Encaro como oportunidade de jogar e mostrar meu trabalho. Independentemente de onde me colocar vou dar meu melhor para fazer meu jogo. Para estar jogando aceito até de goleiro. Pode ser lateral, de volante… Quero jogar. Onde o professor achar que eu devo jogar vou jogar e dar meu melhor”

Com Cafu como espelho, Gabriel Menino tem como ídolo Ronaldinho

Falando um pouco das suas referências, Gabriel Menino destacou Cafu como exemplo, mas revela idolatria por Ronaldinho no futebol:

“Tenho o Cafu como espelho, pois foi o capitão da seleção. Mas meu ídolo mesmo é o Ronaldinho, Cristiano Ronaldo também. O futebol dele era magia. Tenho ele como ídolo. Cafu também, como ele joga, foi de volante para a lateral, ganhou a Copa. Espero ganhar a Copa do Mundo também.”

Foto destaque: divulgação/Palmeiras

Luiz Mutschele

Sobre Luiz Mutschele

Luiz Mutschele já escreveu 75 posts nesse site..

escolhi jornalismo porque foi a melhor forma de aliar duas coisas que sempre gostei: escrever e esportes. Desde então já tive o prazer de escrever sobre minha três grandes paixões: futebol, NBA e games.

BetWarrior


Poliesportiva


Luiz Mutschele
Luiz Mutschele
escolhi jornalismo porque foi a melhor forma de aliar duas coisas que sempre gostei: escrever e esportes. Desde então já tive o prazer de escrever sobre minha três grandes paixões: futebol, NBA e games.

    Artigos Relacionados

    Topo