ceará perde para o fortaleza

O Ceará entrou em campo na tarde deste sábado (6), em jogo decisivo pelo Campeonato Cearense Feminino da temporada de 2020. A partida foi contra o Fortaleza e válida pela final do returno do torneio. Em caso de vitória, o Alvinegro poderia ter levantado a taça, já que foi campeão do 1° turno. No entanto, perdeu nos pênaltis.

1° TEMPO

Os primeiros 45 minutos foram muito disputados. No entanto, apesar de todas as chances, o placar só foi alterado nos acréscimos. Aos 49′, o Fortaleza, que tinha uma jogadora a menos, marcou com Tarciana.

2° TEMPO

Precisando reverter o placar, as Meninas do Vozão entraram para a segunda etapa mais atentas e organizadas. Indo atrás do resultado, tentaram jogadas ensaiadas nas diversas chances que tinham. Dessa forma, o empate não demorou. Aos 19′, a zagueira Karen empatou de cabeça. Mas, as outras chances não foram boas e a partida foi para as penalidades.

Durante as cobranças, o Time de Porangabussu converteu apenas duas, com Natalia e Rayane. Porém, o adversário teve um aproveitamento de 100% e levou a taça do 2º turno para casa. Como resultado, as duas equipes ainda continuam no torneio.

PRÓXIMO COMPROMISSO DO CEARÁ

Disputada pelos campeões do 1° e 2° turno, a grande decisão da competição será em jogo único. Contudo, a Federeção Cearense de Futebol ainda não divulgou as informações de data, horário e local.

Foto destaque: Divulgação/Pedro Chaves/Ceará SC

Larissa Lisboa
O esporte sempre foi muito presente na minha vida, assim como a leitura e a escrita. Ser mulher no meio esportivo não é uma tarefa fácil. Por isso, um dos meus grandes objetivos é mostrar que entendo de esporte tanto quanto eles. Com a Educação Física, ganho muito conhecimento dos esporte em si, e com o jornalismo tenho a liberdade e a oportunidade de ser porta-voz do nosso esporte e, principalmente, dos nossos atletas. Sou uma pessoa centrada, perfeccionista e que sempre doa o máximo em cada projeto. Também sou um pouco sonhadora, mas sempre com um pé no chão. Sou amante das artes, cultura geek e um bom livro acompanhado de um cafezinho. Meu objetivo é nunca deixar de evoluir. Diante disso, já fui parte da equipe dos Torcedores, onde dei meus primeiros passos no jornalismo esportivo. Atualmente faço parte do time de colunistas do Rainhas do Drible, escrevo sobre atletismo na Rádio Poliesportiva e me junto ao Futebol na Veia, com o objetivo de somar a equipe e dar maior visibilidade ao Futebol Feminino, sendo setorista do Ceará.