Atletas do Ceará se abraçam e levam as mãos aos céus em comemoração do único gol da partida.

A 30ª rodada do Brasileirão Série A finalizou os jogos deste domingo (7) com o confronto entre Ceará x Cuiabá. A partida, disputada no Castelão, terminou com a vitória do Vozão pelo placar de 1 x 0.

Assista aos melhores momentos de Ceará x Cuiabá

1º tempo: Pressão do Ceará

A etapa inicial já refletia decerto uma superioridade dos anfitriões. Ainda que o primeiro ataque tenha sido da equipe mato-grossense, com uma finalização que Jenison arriscou de longe, o restante do 1º tempo foi do Ceará. Só nos arremates, o placar ficou 10 x 4 para os mandantes. O primeiro deles veio dos pés de Fernando Sobral, antes dos quatro minutos. A bola passou próxima ao travessão de Walter.

Dali em diante, pressão do Vozão. O goleiro do Cuiabá, entretanto, não precisou fazer nenhum milagre. As bolas que chegaram nele foram mais simples. O Ceará tinha volume de jogo, criava as chances, mas não finalizava da melhor maneira. O mais acionado nesse sentido foi o camisa 9, Jael. Porém, a impressão que ficava era que, por detalhe, o arremate não saía da forma esperada. Dessa maneira, o intervalo chegou sem que e o placar fosse alterado.

2º tempo: Enfim, o gol

Durante os 45 minutos iniciais, a impressão deixada é que era questão de tempo para o Vozão balançar as redes. E não demorou muito. Antes dos 3 minutos, em cobrança de escanteio de Vina, Messias subiu mais alto que todos e cabeceou firme no canto direito de Walter, sem chances para o goleiro. Depois do gol, o Cuiabá continuou apresentando os mesmos problemas da 1ª etapa: dificuldade para encaixar seu jogo. Muito por mérito do adversário, é verdade.

A jogada mais relevante dos visitantes foi, acredite se quiser, num contra-ataque. Felipe Marques foi acionado na ponta esquerda, carregou, gingou para cima da marcação e bateu colocado, mas nas mãos de João Ricardo. A noite era mesmo do Ceará. Aos 33 minutos, Héber Roberto Lopes ignorou um choque entre Paulão e Cléber na área, mesmo sob os protestos de pênalti da torcida. Entretanto, o VAR acionou o árbitro da partida que, após revisão no vídeo, assinalou a penalidade máxima. O próprio Cléber foi para a batida com sua touca que segurava um sangramento no supercílio. Porém, o camisa 89 parou nas mãos de Walter, que manteve o placar mínimo até o fim da partida.

CEARÁ X CUIABÁ – E AGORA?

O Ceará salta na tabela e chega ao 10º lugar com 39 pontos, encostando no próprio Cuiabá. O Vozão volta a campo na próxima quarta-feira (10), às 18h30, para enfrentar o Athletico-PR na Arena da Baixada. Por outro lado, o Cuiabá estagna nos mesmos 39 pontos, na 9ª colocação, e perde uma boa chance de aumentar os sonhos de uma possível Libertadores. Como o Dourado adiantou a 31ª rodada, o Auriverde tem o próximo compromisso no sábado (13), fora de casa, contra o Corinthians.

Foto destaque: Divulgação/Ceará SC

Guilherme Guidetti
Guilherme Guidetti, paulista, nascido em São Caetano do Sul no dia 17 de fevereiro de 1994, mas residente de Santo André desde os primeiros dias de vida. A paixão por futebol vem da família, enquanto o gosto por escrever foi herdado do pai, caminhoneiro. Habilidoso com a canhota – exclusivamente segurando a caneta na mão –, realiza diariamente o sonho de ficar perto do esporte através do jornalismo. De apresentador de programa de rádio a assessor de imprensa, sua ainda curta carreira na profissão já foi o suficiente para saber que faz aquilo que mais ama – e o faz com a mesma paixão com que joga bola com os amigos.