CBF divulga jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Dessa forma, na noite desta terça-feira (5), a Confederação Brasileira de Futebol – CBF divulgou tabela com as datas, horários e locais dos jogos de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Ao passo que o pontapé inicial dessa fase da competição será na quinta-feira (19), com oito equipes em campo. Enquanto, o último confronto será entre Altos-PI x Flamengo e está marcado para o dia 1 de maio.

Contudo, os confrontos de volta estão agendados pela CBF para acontecer entre os dias 10, 11 e 12 de maio. A princípio, serão 32 equipes disputando uma vaga nas oitavas de final afim de conquistar a premiação, cerca de R$ 1,9 milhão em prêmio pela classificação.

Assim sendo, a estreia do Remo contra o Cruzeiro na competição nacional acontece na terça-feira (19), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Banpará Baenão, em Belém.

Jogos da terceira fase:

Terça-feira, 19 de abril

19h: CSA x América-MG – Estádio Rei Pelé, Maceió (AL)

19h30: Bahia x Azuriz – Fonte Nova, Salvador (BA)

21h30: Fluminense x Vila Nova-GO – Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

21h30: Remo x Cruzeiro – Estádio Baenão, Belém (PA)

* Quarta-feira, 20 de abril

16h: Goiás x Red Bull Bragantino – Estádio Hailé Pinheiro, Goiânia (GO)

19h: Atlético-MG x Brasiliense – Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Fortaleza x Vitória – Castelão, Fortaleza (CE)

Tocantinópolis x Athletico – Estádio Nilton Santos, Palmas (TO)

19h30: Juventude x São Paulo – Estádio Alfredo Jaconi, Caxias do Sul (RS)

19h30: Coritiba x Santos – Couto Pereira, Curitiba (PR)

21h30: Tombense x Ceará – Estádio Soares de Azevedo, Muriaé (MG)

Portuguesa-RJ x Corinthians -Estádio Do Café, Londrina (PR)

Ceilândia x Botafogo (estádio a definir)

* Quinta-feira, 21 de abril

21h30: Atlético-GO x Cuiabá – Estádio Antônio Accioly, Goiânia (GO)

* Sábado, 30 de abril

21h: Palmeiras x Juazeirense – Estádio Allianz Parque, São Paulo (SP)

* Domingo, 01 de maio

18h: Altos-PI x Flamengo – Estádio Albertão, Teresina (PI)

Foto: Thais Magalhães/CBF

 

Tata Marx
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.