Bruninha

Na última terça-feira (31), a lateral Bruninha foi convocada pela primeira vez por Pia Sundhage. Anteriormente, a atleta que chegou no início da temporada foi convocada diversas vezes pela seleção de base.

Bruninha exalta Sereias da Vila

Primeiramente, a lateral faz questão de pontuar a importância da equipe para a sua convocação.

“A convocação coroa uma boa temporada não só individual, mas do grupo todo, porque as meninas me ajudam muito. Dentro de campo não jogamos sozinhas. A todo momento elas me dão um suporte absurdo para que eu faça bons jogos”, disse Bruninha.

Ainda, a jogadora fez questão de lembrar que a comissão técnica da Seleção está sempre de olho nos jogos. Com isso, Bruninha revela que precisava passar segurança na posição, independente da pouca idade.

Clássico no Paulistão

A princípio, na próxima quinta-feira (2), às 17h (horário de Brasília), as Sereias da Vila entram em campo para o primeiro clássico no Campeonato Paulista de 2021. A equipe de Tatiele Silveira recebe o Palmeiras no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo (SP). Dessa forma, Bruninha projeta o clássico paulista.

“Para nós, cada jogo é uma guerra. Clássico é sempre muito bom de jogar, é sempre gostoso. Então estamos muito bem preparadas. Vamos colocar o máximo de informações que a gente recebeu da Tati em prática, dentro de campo, para fazer um grande jogo e mostrar o nosso futebol”, disse a lateral.

Ainda sobre a convocação, Bruninha ressalta que estar na lista de Pia é uma motivação ainda maior em defender as cores do Santos.

“A convocação com certeza me motiva mais, mas o pensamento é o mesmo desde o começo da temporada. De fazer bons jogos com a camisa do Santos, de representar muito bem a minha posição, de passar confiança para minhas companheiras e buscar deixar o Santos sempre no topo da tabela para trazer os títulos. Isso não muda de forma alguma, mas essa convocação me motivou demais”, completou.

Foto Destaque: Divulgação/ Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC.

Thaynara Bernardo
Apaixonada por futebol desde os 10 anos, encontrei no jornalismo uma forma de me conectar com essa grande paixão. Na faculdade, desenvolvi trabalhos que me tornaram uma profissional versátil, com fácil adaptação e que adora novos desafios. Espero que um dia eu consiga o meu lugar no jornalismo esportivo!