Branco recebe homenagem do Fluminense em seu aniversário

- Ídolo do Tricolor e ex-jogador da seleção completa 56 anos
branco

Cláudio Ibraim Vaz Leal, mais conhecido como Branco, completa 56 anos hoje, dia 4 de abril. Ex-lateral-esquerdo da Seleção Brasileira e do Fluminense, é considerado por muitos o melhor da posição na história do Tricolor. Desta maneira, recebeu homenagem do clube carioca em seu Twitter, que o parabenizou pelo seu aniversário.

Branco sagrou-se tricampeão carioca entre 1983 e 1985, além de ter levantado o troféu do Campeonato Brasileiro de 1984. Em 157 jogos pelo Fluminense, obteve 76 vitórias, 52 empates e 29 derrotas, com 12 gols marcados. Devido ao seu sucesso, saiu do Brasil. Mas, retornou ao país depois de sete anos na Europa e, em 1994, voltou a atuar pelo time carioca e ainda disputou mais uma Copa do Mundo. No Mundial, foi decisivo para a campanha vitoriosa da seleção.

Entretanto, pela Amarelinha, é o quarto lateral-esquerdo com maior número de partidas disputadas, ficando somente atrás de Roberto Carlos, Júnior e Nilton Santos. Na Copa do Mundo de 1994, sagrou-se campeão mundial, após participação fundamental nas quartas de final contra a Holanda. Além disso, Branco foi fundamental em forte cobrança de falta que contou com corta-luz de Romário, garantindo a vitória do Brasil por 3 x 2 levando os Canarinhos à semifinal.

https://twitter.com/FluminenseFC/status/1246444624811614211

 

Todavia, o ex-jogador, saiu do banco de reservas e se tornou titular após Leonardo levar suspensão por atingir com uma cotovelada o jogador Tab Ramos dos Estados Unidos, nas oitavas. Após o fato, Branco se tornou peça fundamental na conquista do tetra campeonato. Assim, esta foi a trajetória de glória de um dos personagens mais emblemáticos do Brasil em 1994.

Títulos e fim da carreira

Com passagens de sucesso por Internacional, Fluminense e Flamengo, o ex-lateral conquistou uma Copa do Mundo, uma Copa América, um Campeonato Brasileiro e um Português, dois Campeonatos Gaúchos e três Cariocas.

Após aposentadoria, Branco assumiu o cargo de coordenador das divisões de base da CBF. Contudo, em 2006, se tornou coordenador técnico do Fluminense, tendo conquistado a posição em 2007. Nesta nova função, esteve presente no título de campeão da Copa do Brasil de 2007 e no vice-campeonato da Copa Libertadores da América de 2008.

Foto destaque: Reprodução/ O curioso do futebol

BetWarrior


Poliesportiva


Ana Carolina Tavares
Ana Carolina Tavares
Escolhi o jornalismo porque sou apaixonada por esporte e sempre quis trabalhar com isso. Meu objetivo é conseguir trabalhar em algum clube de futebol, ou em alguma empresa esportiva. Sou uma pessoa pró-ativa, comunicativa, boa para trabalhar em equipe

    Artigos Relacionados

    Topo