Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

Na noite desta quarta-feira (06), no Estádio Nabi Abi Chedid, o Bragantino recebeu o São Paulo em partida válida pela 28ª rodada do Brasileirão. Enquanto o time da capital buscava a vitória para manter a distância na  ponta da tabela, o Massa Bruta buscava subir de posição. Entretanto, o time de Bragança Paulista não tomou conhecimento do adversário e com um primeiro tempo avassalador goleou o Tricolor Paulista por 4 x 2.

1º TEMPO

Logo aos três minutos de jogo, após tentativa de sair com a bola no meio, Daniel Alves se atrapalhou e perdeu a mesma. Sendo assim, ela sobrou nos pés de Claudinho que dentro da área, ajeitou o corpo e bateu no canto direito de Volpi, abrindo o marcador. Na sequência, aos 13′, Raul foi lançado, o volante apostou corrida com Bruno Alves, levando a melhor e já dentro da área tocou em baixo de Volpi, ampliando a vantagem do Bragantino. Atordoado com os gols sofridos, o São Paulo até que conseguiu esboçar uma reação. Aos 15 minutos, Daniel Alves recebeu na área e tocou para o meio, a defesa afastou mal. Com isso, Tchê Tchê aproveitou a chance e balançou as redes do Massa Bruta.

O Bragantino permanecia impiedoso no ataque, com isso, aos 17 minutos, Aderlan cruzou na área tricolor, livre de marcação, o zagueiro Fabrício Bruno apareceu e tocou com estilo, no contrapé de Volpi para ampliar o placar. Após isso, o São Paulo novamente reagiu e aos 35 minutos, Daniel Alves tocou para Vitor Bueno que avançou sozinho. Com isso, tocou para Brenner no meio da área, que mesmo pressionado mandou a bola ao gol. No entanto, após chamada no VAR, o árbitro anulou o gol após impedimento de Vitor Bueno. Já no fim, aos 41′, Artur apareceu livre, novamente após erro de posicionamento do tricolor paulista. Sendo assim, o jogador apenas deslocou o goleiro tricolor para marcar o 4º gol do Bragantino.

https://twitter.com/RedBullBraga/status/1346990276053708800?s=20

2º TEMPO

Já na etapa final do duelo, não se teve nenhum lance de emoção até os 14 minutos. Isso porque, o meia Tchê Tchê agrediu com uma cotovelada o jogador Cuello e após chamada no VAR o atleta tricolor foi expulso de campo. O Bragantino permanecia forte em busca de aumentar a vantagem, tanto que o goleiro Tiago Volpi precisou trabalhar muito para evitar um vexame maior. Aos 36′, após escanteio na área do São Paulo, Hurtado  cabeceou, no entanto a bola explodiu na trave.

Em busca da recuperação, Fernando Diniz colocou Trellez e Carneiro no jogo. Com isso, no final, aos 49 minutos, o uruguaio aproveitou a sobra do goleiro mandante e marcou o segundo gol tricolor. Apesar do lance ser revisto no VAR, o gol foi validado. Sendo assim, o Bragantino surpreende e consegue vencer o líder do Brasileirão pelo placar de 4 x 2.

https://twitter.com/RedBullBraga/status/1347007774845263880?s=20

BRAGANTINO X SÃO PAULO – E AGORA?

Apesar da derrota, o São Paulo segue a liderança da competição com 56 pontos ganhos, o time do Morumbi segue com sete pontos de vantagem para o Flamengo, vice-líder. Por outro lado, o Bragantino consegue três pontos importantes e chega aos 34 pontos saltando para a 12ª colocação. Na 29ª rodada o Tricolor Paulista tem pela frente o Santos, no Estádio do Morumbi, às 16h (horário de Brasília), no domingo 10. Já o Massa Bruta recebe o Atlético-MG na segunda-feira (11), às 20h.

MELHORES MOMENTOS – BRAGANTINO  X  SÃO PAULO

Imagem Destaque: (Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

 

 

Raphael Almeida
Raphael Almeida, jornalista 30 anos, apaixonado por futebol, tenho como sonho ser repórter de campo, desde pequeno frequento a várzea de futebol, vendo meu pai jogar. Ali vi que minha vontade era de falar sobre esse esporte, frequentador das arquibancadas do maior palco de futebol paulista. Sou torcedor, mas acima de tudo sou esportista!

Artigos Relacionados