Salomon Kalou chegou com status de estrela ao elenco do Botafogo em 2020. Porém, por conta do salário muito alto, o Glorioso busca uma rescisão de contrato ao fim do Campeonato Brasileiro. A saber, o marfinense tem hoje, o maior salário do time Alvinegro. E com a provável queda para a Serie B, e por consequência, a diminuição na receita do clube, o Botafogo não arcaria com os custos de Kalou.

Contudo, o contrato do marfinense tem uma clausula que permite o término imediato do vinculo após o Brasileirão. Todavia, apenas se Kalou quiser rescindir o contrato, seja por vontade própria ou por alguma outra proposta. As conversas para rescisão devem começar nos próximos dias. Fontes próximas dizem que o atleta não tem intenção de prejudicar o Alvinegro e deve facilitar sua saída.

Não atendeu as expectativas

Contratado em Julho de 2020, Kalou chegou para resolver os grandes problemas que o Glorioso tinha lá na frente. Todavia, o marfinense não correspondeu as expectativas, tanto técnicas quanto de liderança. Chegou a fazer boas partidas no começo, contudo, não manteve o ritmo e acabou indo para o banco de reservas. Foram, ao todo, 25 jogos com a camisa alvinegra (12 como titular) e apenas um gol marcado.

A última diretoria, que contratou Salomon Kalou, tinha a ideia de trazer, principalmente, mais visibilidade fora das quatro linhas que trouxe Keisuke Honda. Todavia, o marfinense não trouxe retorno financeiro, nem retorno técnico, e não causou alvoroço na mídia e nem na torcida como causou Honda. Logo, a estratégia da diretoria comandada por Nelson Mufarrej não deu nada certo com Kalou.

Foto Destaque: Divulgação/Vítor Silva/Botafogo

João Victor Freire
João Victor Freire
Eu escolhi o jornalismo pois é o que eu sei fazer desde criança. Trabalhar com jornalismo esportivo é um sonho que se realiza a partir de agora.