Boselli pode não entrar mais em campo com a camisa do Corinthians

- O atacante tem um mês de contrato restante com o Timão e não deve ter seu vínculo renovado
Boselli pode não entrar mais em campo com a camisa do Corinthians

O técnico Vagner Mancini deixou o atacante argentino Mauro Boselli fora dos relacionados para o duelo desta quarta-feira (02), diante do Fortaleza, na Arena Castelão. Dessa forma, a ausência na relação faz com que a possibilidade do atacante não entrar mais em campo pelo clube ganhe força.

O centroavante vem de uma série de lesões desde julho, contudo, já está recuperado da mais recente, uma pubalgia. Assim, o camisa 17 fica de fora da lista de Mancini por opção técnica, que conta com Jô e Matheus Davó para função.

Boselli tem um mês de contrato a cumprir com o clube paulista, mas não deve ter seu vínculo renovado pela direção alvinegra. Com isso, o clube não vê motivos para utiliza-lo nas próximas partidas. Serão quatro até o fim do contrato: Fortaleza, São Paulo, Goiás e Botafogo. Fora dos relacionados contra o Fortaleza, o atacante tem mais três jogos para uma eventual despedida do clube.

Veja também:

É provável que o alvinegro não utilize mais o argentino pelo seguintes motivos: Evitar uma nova lesão, assim como boas atuações do atacante, que inflaria uma pressão para que o vínculo seja estendido. As informações são do Globoesporte.com.

Boselli chegou no inicio de 2019, quando se iniciava a segunda passagem do técnico Fabio Carille no clube. Contudo, mesmo chegando com status de artilheiro, o argentino chegou a ser terceira opção no ataque corintiano, atrás de Vagner Love e Gustavo. Apenas com saída de Carille o atleta foi ganhar chances e enfim se firmar na equipe

Neste ano, era titular absoluto até a chegada da pandemia. Mesmo sem jogar, Boselli é o artilheiro do time no ano, com cinco gols.

Foto Destaque: Luis Moura / WPP/Lancepress

BetWarrior

Gabriel Ricardo
Gabriel Ricardo
Instagram: @gabriel_ricardo77 Meu nome é Gabriel, sou estudante de jornalismo pela UNIP. Fascinado por esportes, futebol principamente, e fã da resenha e dos debates, percebi desde cedo que jornalismo seria o caminho que eu iria trilhar. Com o amor pelo futebol e vivência na arquibancada, vi e sinto na pele que o futebol é muito mais que 11 contra 11. E é essa mensagem que tentarei transmitir a todos enquanto me for possível.

Artigos Relacionados

Topo