Portuguesa (divulgaçã/Agência Briosa/Fabrizio Neitzke

Na noite desta quarta-feira (28), o Audax recebeu a Portuguesa Santista, em Osasco, pela 9ª rodada do Paulistão Série A2. As equipes não saíram do zero em uma partida pouco movimentada e sem muita criatividade. Com o resultado, a Briosa chega ao quarto jogo sem perder, já os Vermelhinhos estão três jogos pontuando.

ASSISTA OS MELHORES MOMENTOS DE AUDAX X PORTUGUESA SANTISTA

1º TEMPO: COMEÇOU BOM, MAS NÃO TIVERAM TANTA CRIATIVIDADE NO DECORRER DA ETAPA

A partida começou bem movimentada, com o Audax pressionando a equipe da Baixada Santista e tentando criar algumas chances. Entretanto, nada que fosse tão complicado para o goleiro Leandro, que pouco trabalhou na etapa.

Por outro lado, a Portuguesa Santista até tentando igualar no decorrer da etapa e até conseguiu tomar conta das ações em um curto período, mas nada que  assustasse a meta adversária. Com isso, sem muito brilho, o 1º tempo foi bem sonolento e pouco produtivo em Osasco.

2º TEMPO: TIMES MAIS OFENSIVOS E BUSCANDO MAIS O GOL, MAS SEM CONSEGUIR MARCA-LO

A etapa complementar começou bem produtiva para os mandantes, que logo nos primeiros minutos teve um pênalti assinalado a seu favor. Entretanto, a árbitra Edina Alves voltou atrás e deu bola ao chão. Porém, no decorrer do tempo, o Audax diminuiu o ritmo e a Briosa tomou as rédeas do confronto.

Com isso, França finalizou com perigo aos 16 minutos, e Rafael Compri acertou a trave após bela enfiada de Maranhão. Entretanto, nada que ambas as equipes fizeram foi o suficiente para tirar o zero do placar, e o jogo terminou empatado.

AUDAX X PORTUGUESA SANTISTA – E AGORA?

Dessa forma, com este resultado, o Audax se mantem na parte inferior da tabela, brigando para escapar da queda para a 3ª divisão do Paulistão. Ademais, a equipe vai a campo na próxima sexta-feira (30), enfrentar o Atibaia, fora de casa. Por outro lado, a Briosa continua firme na briga para o acesso e vai a campo no mesmo dia e horário do Vermelhinho, enfrentar o Velo Clube, em Santos.

Foto destaque: Divulgação/Agência Briosa/Fabrizio Neitzke

Avatar
Gustavo Oliveira
Bom, eu escolhi jornalismo pois quero estar cada vez mais perto do esporte e também por querer ter uma certa relevância e poder, através do esporte, influenciar pessoas a fazerem o bem. Além disso, acho prazeroso fazer qualquer coisa que esteja ligada com o esporte e o jornalismo me proporciona isso.

Deixe uma resposta