Depois de completar 84 anos de muita tradição, o Atlético-GO anunciou na segunda-feira (5) Jorginho como treinador para a temporada de 2021. Assim, assume o comando técnico da equipe que disputa quatro campeonatos: Campeonato Goiano, Copa do Brasil, Série A e Copa Sul-Americana. Por outro lado, o anúncio foi feito no perfil oficial do presidente do clube.

De antemão, o ex-lateral tetracampeão do mundo em 1994 chega ao clube goiano com uma longa bagagem como treinador. Tem passagens por clubes como Flamengo, Vasco, Ponte Preta e Bahia. Por outro lado,  no exterior, o treinador já trabalhou no futebol do Japão e dos Emirados Árabes. Após iniciar a carreira como treinador no América-RJ, Jorginho foi auxiliar de Dunga na seleção brasileira entre 2006 e 2010 e esteve na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010.

Logo então, no ultimo trabalho, Jorginho esteve à frente Coritiba durante 13 partidas. Logo depois de deixar o Coxa, acabou indo para o SBT, onde virou comentarista nos jogos da Libertadores. Ficou até janeiro deste ano. 

Dessa forma, o presidente Adson Batista demonstrou satisfação em contar com o treinador para a temporada:

“O Atlético tem metodologia de trabalho própria e muito bem definida. Outros grandes treinadores também fizeram bons trabalhos por aqui. O Jorginho é experiente, tem passagens por grandes clubes do Brasil e do mundo, é campeão do mundo e foi finalista da Copa Sul-Americana! Desejo ao Jorginho uma ótima jornada com a camisa do Atlético Goianiense. Estaremos juntos em busca de grandes resultados na temporada”.

Jorginho
Jorginho acertou com o Atlético (Foto: Atlético-GO)

Boa campanha

Em síntese, o Atlético-GO lidera o Grupo A do Campeonato Goiano. Dessa forma, tem aproveitamento de 100% nesta temporada, com sete vitórias em sete jogos. Ademais, o time vinha sendo comandado por João Paulo Sanches, membro da comissão técnica permanente do Dragão.

Foto destaque: Divulgação/Atlético-GO

Avatar
Leonardo Silva
Eu sou o Leonardo Silva, moro em Goiás. Sou acadêmico de jornalismo na Uniaraguaia Centro Universitário, em Goiânia. Desde de criança tive o sonho de ser jogador de futebol, algo que não consegui conquistar, mas eu amo futebol, e no jornalismo esportivo eu me encontrei.

Deixe uma resposta