A partida ASA-AL x Bahia de Feira acabou empatada em 1 x 1 pelo Brasileirão Série D, na tarde deste domingo (18). Assim, nenhuma das equipes se beneficiou com o resultado. A saber, o gol dos mandantes saiu dos pés de Daivison. Enquanto que Jarbas marcou para os visitantes. Por fim, confira a história do jogo, que aconteceu no Estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca.

Assista aos melhores momentos de ASA-AL x Bahia de Feira

1° tempo: Bahia de Feira sai na frente

O jogo começou com o ASA-AL buscando o ataque. Mas, não conseguiu construir chances claras. Assim, o Bahia de Feira tomou conta da partida rapidamente. Dessa forma, aos 30′, Jarbas aproveitou uma bola mal afastada pelo goleiro Dida, e bateu de fora da área bem no canto do gol. Com a vantagem, o Tremendão conseguiu administrar até ao fim do primeiro tempo.

2° tempo: superação do ASA-AL

A segunda etapa começou com o Bahia de Feira errando bastante em fundamentos básicos. Assim, Deon chegou a perder uma oportunidade clara de ampliar. Ademais, apesar dos erros, o ASA-AL não apresentava muitos riscos. No entanto, a expulsão de Marcão, que deixou os mandantes em desvantagem numérica, mudou completamente os rumos da partida.

Dessa forma, o Bahia de Feira não conseguiu mais assustar o ASA-AL. Decerto, parecia que o Tremendão que estava com um a menos. Assim, em uma demonstração de garra, o Fantasma conseguiu o empate em cobrança de pênalti de Daivison. Os donos da casa até que pressionaram no final. Mas, a partida acabou empatada em 1 x 1.

ASA-AL x Bahia de Feira – E agora?

Dessa forma, o ASA-AL não se beneficiou em nada com o empate em casa. O clube segue em 6° lugar com seis pontos, a cinco do primeiro dentro do G4. Bem como o Bahia de Feira. Porque ainda não venceu na Série D, depois de sete rodadas. Assim, o clube segue na 7ª colocação com cinco pontos. No próximo domingo (25), Bahia de Feira e ASA-AL voltam a se enfrentar pela Série D, às 16h (horário de Brasília). A saber, a partida será na Arena Cajueiro, e marcará a virada de turno no Grupo A-4.

Foto destaque: Divulgação/ASA

Caian Oliveira
Siga-me no Twitter: @caiansoliveira