América-MG

Antes de mais nada, o América-MG se reapresentou e treinou na manhã desta terça-feira (27). Após o empate por 1 x 1 contra o Grêmio, a equipe teve dois dias de folga. Assim, terá a semana livre, com cinco dias de treinamentos. Essa será apenas a segunda semana sem jogos desde que o treinador Vagner Mancini assumiu o time.

O trabalho começou com uma conversa entre a diretoria, comissão técnica e elenco. Com isso, Marcus Salum, coordenador geral de futebol clube-empresa, conversou com os atletas, a fim de reforçar o esforço e a união de todos para a continuidade da temporada. O Coelho não atravessa um bom momento e ligou o ”alerta vermelho” visto que está no z4.

Posteriormente, os atletas realizaram atividades de fortalecimento físico. Sob as orientações dos profissionais do Núcleo de Performance, os jogadores de linha fizeram exercícios de mobilidade, estabilidade e prevenção de lesões em campo. Por outro lado, os goleiros fizeram um trabalho à parte.

Na sequência, o elenco foi dividido em três grupos e o técnico Vagner Mancini concedeu uma atividade focada na intensidade e agilidade na troca de passes e domínio de posse de bola. Por fim, o plantel trabalhou construções de jogadas.

Ademais, Mancini pode ter novidades no plantel para a próxima partida. Trata-se do meia Isaque, recém-chegado ao Coelhão e que foi liberado para atuar pelo time. Entretanto, Eduardo, Ribamar, Rodolfo e Yan Sasse seguem em tratamento no departamento médico.

Após o treinamento, os jogadores almoçaram no CT Lanna Drummond e foram liberados. O próximo treino está marcado para está quarta-feira (28), às 9h30 (horário de Brasília).

Próxima partida do América-MG

O próximo desafio do Alviverde ocorre pela 14ª rodada do Brasileirão, contra o Atlético-GO, às 20h30 (horário de Brasília), no estádio Antônio Accioly, em Goiânia. A equipe mineira ocupa a 18ª colocação na tabela, com apenas 10 pontos e não vence há quatro partidas.

No último duelo, o América fez um bom jogo e foi superior ao Grêmio, mas não soube aproveitar as chances criadas. Para fugir do rebaixamento o time precisa vencer fora de casa e torcer por uma combinação de resultados das outras equipes à sua frente.

Foto destaque: Marina Almeida / América

Alex Ferreira
Sou o Alex, graduando em Jornalismo pela Uninove. Escolhi o jornalismo para ficar mais perto da minha maior paixão: o futebol. E nada melhor que juntar as duas coisas que mais amo. Acredito que a comunicação pode mudar e melhorar o mundo. Meu objetivo é dar voz para quem não tem, ouvir e contar histórias.