abel

Em suma, o treinador Abel Ferreira desabafou após o jogo contra a Chapecoense. Decerto, o português garantiu ter um time com capacidade de bater de frente com qualquer outro adversário, seja no Brasileirão ou na Libertadores.

Além disso, Abel disse que confia que algo muito bom está no destino do Verdão, por todo trabalho realizado pelos jogadores e comissão técnica:

“Para mim, o Palmeiras significa jogar em um clube único, com pressão para ganhar. Se não ganha, você é um idiota, joga não só por você, mas por uma legião. Todos os dias temos de provar que merecemos representar esta instituição. Isto para mim, estrangeiro, “tuga”, padeiro. Isto que significa o Palmeiras. Dentro destas diretrizes que passo aos meus jogadores. Tem de ser assim. Não há outra forma de encarar nossos desafios. Contratando ou não, investindo mais ou não”.

O comandante destacou a importância das lideranças e da qualidade do time:

“Posso não ser o melhor treinador do mundo, posso não ter os melhores jogadores do mundo, mas temos qualidade para bater com qualquer equipe. Cada um precisa puxar pelo outro e os capitães contagiem com energia positiva. Vim aqui porque acreditava que era possível fazer algo que não havia sido feito. Já poderia ter saltado do barco, mas acredito que o melhor está para chegar ainda neste ano”.

Foto destaque: Reprodução/Palmeiras

Robert Ferreira
Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!